Morre no Rio a atriz Marília Pêra

Morre no Rio a atriz Marília Pera
Marília Pêra tinha três filhos

A atriz Marília Pêra de 72 anos morreu na manhã deste sábado (5-dez), no Rio de Janeiro. Marília se tratou recentemente de um desgaste ósseo na região lombar, que a fez se afastar do trabalho por um ano e seu estado de saúde se fragilizou no último ano. A atriz, que lutava contra um câncer de pulmão havia 2 anos, morreu em casa, ao lado da família. Ela deixa os filhos Ricardo Graça Mello, Esperança Motta e Nina Morena e o marido Bruno Faria.

Marília Soares Pêra nasceu em Rio Comprido, bairro do Rio de Janeiro, em janeiro de 1943. Começou a carreira artística cedo. Sua primeira peça foi aos 4 anos, ao lado dos pais. Na adolescência, atuou como bailarina e participou de musicais. Entrou para a TV em 1965, quando atuou em Rosinha do Sobrado, a TV Globo.

Ainda nessa época, foi perseguida pela ditadura por sua participação na peça Roda Viva, de Chico Buarque, quando foi agredida por militantes anticomunistas e presa pela repressão. Durante toda sua careira, ela participou de mais de cem trabalhos. Fez cerca de 50 peças de teatro, 30 filmes e 40 novelas ou séries de TV. Marília era uma atriz completa. Atuou como atriz, cantora, bailarina, diretora, produtora e coreógrafa. O último trabalho de Marília foi na série Pé na Cova, da TV Globo, onde contracenou com o ator Miguel Falabella.

marlia-pera-1-300x227Marília Pêra foi considerada uma das mais completas atrizes do Brasil. Além de interpretar, era cantora, bailarina, diretora, produtora e coreógrafa.

Antes de “Pé na cova”, a amizade com Miguel Falabella já havia rendido papéis no seriado “A vida alheia” (2010), no filme “Polaroides urbanos” (2008) e na novela “Aquele beijo” (2011), todos escritos por ele.

Velório e enterro
Por volta das 14h30 deste sábado (5- dez), o corpo da atriz, cantora e diretora Marília Pêra chegou à na sala que leva seu nome, do Teatro Leblon, na Zona Sul do Rio. O velório é fechado para amigos e parentes e o enterro está  marcado para às 16h, no Cemitério São João Batista, em Botafogo.

Melhor amigo

miguel-falabella-morte-marilia-peraMiguel Falabella chegou ao velório da amiga Marília Pêra na tarde deste sábado (5) muito emocionado. “Ela é uma companheira de vida. É muito, muito triste. Estava em São Paulo com um espetáculo e vim rápido para cá. Não poderia não me despedir dela. Tínhamos uma relação muito estranha. Era uma relação amorosa, mas ela não falava da doença comigo. Então eu respeitava e preferia fazer planos para o futuro, ainda que soubesse que o quadro de saúde era grave”, disse o ator, colega de trabalho de Marília em diversos trabalhos, como o seriado Pé na Cova.

Ao conversar com a imprensa, Falabella não economizou elogios. “Ela é maravilhosa. Posso dizer que vi as melhores do mundo em cena e ela estava no top 5. Ela era imbatível. eu tive a honra e o prazer de contracenar com ela no palco e na televisão. Ela era admirável com um talento raro, uma grande mulher.”