Revista americana publica fotos do príncipe Charles beijando outro homem

A revista americana “Globe Magazine” publicou em sua edição do dia 30 de maio a foto do príncipe Charles, de 67 anos aparentemente beijando um rapaz mais jovem e causou mais um escândalo envolvendo a família real britânica.

A publicação diz ainda que o príncipe William e a Kate Middleton estariam impedindo Charles de se encontrar com os netos. Além disso, sua esposa Camila Parker-Bowles estaria pedindo cerca de 280 milhões de libras (1 bilhão e meio de reais) pelo divórcio.

Revista americana publica fotos do príncipe Charles beijando outro homem
Edição do tabloide Globe Magazine do dia 30 de maio, trouxe fotos do príncipe Charles beijando um homem mais novo

 

A matéria afirmada que as fotografias abalam as chances do monarca de assumir o trono um dia. Segundo a publicação, a rainha Elizabeth II, mãe de Charles, estaria chocada com a divulgação das fotos e, por isso, tomaria a decisão de passar o trono diretamente para o príncipe William.

As fotos tiradas pela revista, não mostram Charles de frente, no entanto, geram dúvidas. Há quem diga que não seria o príncipe nas imagens. Além disso, a identidade do homem mais novo nas fotos ainda é desconhecida.

 




Boatos de que Charles seria homossexual não são novos. Em 2013, vários tabloides diziam que o príncipe tinha um casamento de fachada com Diana. O príncipe Charles, no entanto, não se posicionou a respeito dos boatos na época. E nem agora

Conhecida por ser polêmica, o “Globe Magazine” é uma publicação que circula nos Estados Unidos e na Europa. A família real já foi alvo de muitos boatos, como em 2012 quando o tabloide afirmou que a rainha Elizabeth estaria perto da morte e que Camilla, esposa de Charles, estaria agindo, embaixo dos panos, para garantir que ela assumisse o trono ao lado do marido.

Principe-William_Kate-Middleton
Príncipe William estaria profundamente decepcionado com atitudes do pai

O Palácio Buckingham ainda não deu nenhuma resposta ao caso, fontes dão conta de que caso será direcionado para o setor de segurança do palácio e que medidas jurídicas serão tomadas em breve.