Aeroporto de Viracopos em Campinas recebe equipamentos e carros para o GP Brasil de Fórmula 1

seta-voltar-campinas

Aeroporto de Viracopos em Campinas recebe equipamentos e carros para o GP Brasil de Formula 1
Ao todo são necessários 6 aviões cargueiros modelo Boeing 747 para transportar todo o equipamento

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, começou a receber nessa semana os equipamentos e carros para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, que acontece no autódromo de Interlagos em São Paulo, dia 15 de novembro. A operação para trazer todos os equipamentos e carros durou uma semana.

Aviões cargueiros do modelo Boeing 747 precisam fazer seis viagens para transportam as 600 toneladas de carga necessárias para se montar toda estrutura da corrida. Após o desembarque em Campinas, foram necessárias 90 carretas para que a carga chegasse até o Autódromo de Interlagos.

Aeroporto de Viracopos em Campinas recebe equipamentos e carros para o GP Brasil de Formula 1
De Campinas até Interlagos são usadas 90 carretas para o transporte dos equipamentos

Para a operação o Aeroporto de Viracopos destinou 30 funcionários de cargas e área de segurança trabalhando exclusivamente para desembarcar os equipamentos da corrida.

Este é o 14º ano que o aeroporto fica responsável pelo embarque e desembarque dos equipamentos e carros da Fórmula 1. Os equipamentos voltarão para Viracopos um dia após a corrida em Interlagos, de onde seguem novamente de 747 para Abu Dhabi, onde acontece o último GP da temporada 2015 que teve como campeão antecipado da temporada o Inglês Lewis Hamilton que agora passa a ter três títulos na categoria 2008, 2014 e 2015.

Aeroporto de Viracopos em Campinas recebe equipamentos e carros para o GP Brasil de Formula 1
Logística permite que um dia após o GP do Brasil carros e equipamentos já estejam voando para outro país