Medo em Itu: homem na rua ameaça se matar e atingir outras pessoas; veja o vídeo

Vídeo mostra policial militar de Itu atirando em homem com surto psicótico
Cercado por policiais, homem coloca facão no próprio pescoço antes de ser atingido

Medo em Itu na tarde de sexta-feira (13-nov).  Segundo a Polícia Militar, um homem estava com um facão na mão e ameaçava se matar. O homem que aparentava estar em um surto psicótico, também ameaçava atingir outras pessoas que estavam próximas. Ele estava cercado por seis policiais e muitos curiosos, quando foi atingido por dois tiros de um policial que tentou tirar o homem da ação. Um tiro foi na região do baço e outro no braço.

O homem foi levado para o Hospital São Camilo, em Itu, e passou por cirurgia. No início da tarde desta sexta-feira, ele permanecia internado em estado estável. O comando da Polícia Militar de Itu disse que o policial agiu para preservar vidas, já que, além de ameaçar se matar, levando o facão ao pescoço, o homem estava agitado e poderia ferir outras pessoas.

O capitão da Polícia Militar Rogério Mariano Lima avaliou o desfecho da ação como positivo, já que o rapaz não morreu. O policial não teve outra saída a não ser atirar.

Já o secretário da Segurança Pública do Estado, Alexandre de Moraes, considerou “precipitada” a atitude do policial e mandou a Corregedoria da PM apurar sua conduta.

Segundo a defesa do homem, ele é portador de distúrbio mental em razão da dependência de álcool e drogas. O homem já respondeu a processos por furto e roubo. Em uma das ações, segundo ela, há um laudo médico atestando a síndrome de dependência por cocaína e transtorno mental por dependência química.