Usain Bolt conquista medalha de ouro dos 100m no Mundial de Pequim

Usain Bolt conquista medalha de ouro dos 100m no Mundial de PequimO jamaicano Usain Bolt, 29 anos venceu no domingo (23-ago) a final dos 100m rasos no Mundial de Atletismo de Pequim na China com a marca de 9’79. Bolt chegou à frente dos americanos Justin Gatlin (9’80 ) e Trayvon Bromell (9’92 centésimos), que dividiu o bronze com o canadense Andre De Grasse. A nova medalha de ouro confirma o retorno de Bolt ao auge de sua forma, após duas temporadas consideradas decepcionantes.

Usain Bolt conquistou a final dos 100 mts no mesmo estádio que o consagrou, o Ninho dos Pássaros, onde ganhou em 2008 três medalhas de ouro durante as Olimpíadas de Pequim. Ele celebrou a conquista ainda nas pistas, posando para os fotógrafos com o gesto que o tornou conhecido no mundo inteiro, imitando um “raio”.

A conquista de domingo tornou Bolt o atleta com mais medalhas (11) e com mais títulos (9) na história dos Mundiais de Atletismo.

A vitória sobre o americano Justin Gatlin também representa o triunfo de um atletismo “limpo”, já que o maior rival de Bolt nas pistas foi suspenso duplamente durante cinco anos devido ao doping. Gatlin foi flagrado por exames para detectar o consumo de anfetaminas e depois foi comprovado positivo para outra substância proibida, a testosterona.

Nas provas de classificação, Bolt teve mais dificuldades do que o americano, mas soube superar o grande adversário na decisão. Os dois atletas vão se reencontrar a partir de terça-feira nas provas dos 200 mts.

Ao subir mais uma vez no lugar mais alto do pódio, Usain Bolt, reforça também sua imagem de um dos ícones da Jamaica, assim como o músico Bob Marley. Segundo especialistas, a conquista deste domingo não apenas garante o futuro para a imagem do atletismo, como renova o prestígio da prova mais clássica desse esporte, os 100m rasos.