Dia das Mulheres: Atletas que fazem a diferença e são promessas para as Olimpíadas Rio 2016

De todas as homenagens para o Dia Internacional das Mulheres (08 de março), uma atenção em especial se deve para as atletas brasileiras que irão disputar as Olimpíadas no Rio de Janeiro a partir do dia 5 de agosto.

Entre as mulheres que aparecem com grande potencial, tem a habilidade de Marta (futebol), força de Mayra Aguiar (judô), a liderança de Jaqueline (vôlei), a elasticidade da pequena Flávia Saraiva (ginástica) e explosão de Teliana Pereira (tênis). Com cada uma das atletas que ostentarão a bandeira nacional no peito estará a torcida de mais de 200 milhões de pessoas.

Veja aqui algumas das mulheres que prometem brilhar e orgulhar o Brasil

MARTA-FUTEBOL
MARTA, FUTEBOL

Apesar de ainda não garantir que estará nos Jogos, a atacante Marta segue sendo a principal referência da Seleção de futebol. Aos 30 anos e cinco troféus de melhor do mundo, ela é figura fundamental na seleção brasileira.

 

FABIANA-MURER
FABIANA MURER, SALTO COM VARA

Principal nome do atletismo brasileiro, a saltadora de 34 anos chega ao Rio para garantir uma medalha e deixar para trás o trauma dos dois últimos Jogos. Em Pequim 2008, o desespero de uma vara que sumiu; e em Londres 2012, com o receio de saltar com vento.

 

flavia-saraiva-GINASTA
FLÁVIA SARAIVA, GINÁSTICA

Principal representante da nova geração da ginástica brasileira, Flávia Saraiva tem brilhado. O último feito da atleta de 1,33m foi na Copa do Mundo da modalidade, mês passado, no Azerbaijão, onde conquistou duas medalhas de ouro.

 

ETIENE-MEDEIROS-NATACAO
ETIENE MEDEIROS, NATAÇÃO

Primeira brasileira a levar o ouro em um Mundial (no Catar, em 2014), a pernambucana de 24 anos chega à Olimpíada como uma das favoritas ao topo do pódio nos 100m costas. Lá em Doha, ela também faturou ouro no revezamento 4x50m medley misto e bronze no 4x50m livre misto.

 

mayra-aguiar_JUDO
MAYRA AGUIAR, JUDÔ

Bronze em Londres 2012 e campeã mundial na categoria meio-pesado (até 78kg), a gaúcha de 24 anos vai disputar sua 3a Olimpíada. A judoca é destaque da modalidade que mais conquistou medalhas para o Brasil na história dos Jogos 19 no total.

 

JAQUELINE-VOLEI
JAQUELINE, VÔLEI

A tradição e a força do time feminino de vôlei colocam o Brasil como candidato a medalhas. Bicampeãs olímpicas e dez vezes vencedoras do Grand Prix, a equipe comandada por José Roberto Guimarães conta com a experiência da ponteira.

 

MARTINE-GRAEL_KAHENA-KUNZE-VELA
MARTINE GRAEL E KAHENA KUNZE, VELA

Em um dos esportes que mais deu medalhas olímpicas para o Brasil (17), as maiores apostas são Martine Grael e Kahena Kunze, campeãs do Mundial de 2014 na classe 49er FX (o primeiro feminino da história da vela brasileira).

 

ALEXANDRA-HANDEBOL
ALEXANDRA, HANDEBOL

Pelas mãos do técnico dinamarquês Morten Soubak, a Seleção levou o inédito título mundial, em 2013. Para buscar a 1ª medalha olímpica, o time conta com Alexandra. A ponta de 34 anos foi eleita a melhor jogadora do mundo em 2012.

 

TELIANA-PEREIRA_TENIS
TELIANA PEREIRA, TÊNIS

No individual, com todas as estrelas mundiais em quadra, a missão não será das mais fáceis no tênis. Nada, no entanto, que desanime a principal chance do Brasil: Teliana Pereira. Aos 27 anos, a pernambucana faturou no ano passado o WTA de Bogotá (COL).