Final emocionante da Liga dos Campeões da Europa tem pênaltis e gol de CR7;assista aos melhores momentos

comemoracao-consquista-champions_league-2015-2016-2
Jogadores do Real Madrid festejam a conquista de 11º título do clube

A final de um dos campeonatos mais importantes do mundo a Champions League, ou Liga dos Campeões da Europa, aconteceu no de sábado (28-maio) na cidade de Milão, na Itália com mais de 60 mil torcedores no estádio San Siro. O Real Madrid de Cristiano Ronaldo venceu o Atlético de Madrid comandado pelo argentino Diego Simeone, nos pênaltis (5×3) após empatar em 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação, e conquistou a “Champions League” temporada 2015/2016.

Coube a CR7 bater o último pênalti da série. Com a vitória O Real Madrid conquista seu 11º título no principal torneio de clubes do mundo. O Atletico de Madrid esperava dar o troco no rival. Há dois anos, os dois times se enfrentaram na final da competição em jogo realizado em Lisboa. Mas não foi possível.

Final emocionante da Liga dos Campeões da Europa tem pênaltis e gol de CR7
Jogadores vibram com o gol de pênalti de Cristiano Ronaldo que deu a vitória ao Real Madrid

O Real Madrid começou bem, conquistando o domínio de campo logo nos primeiros minutos. Aos 15 minutos, em uma jogada de bola parada, Bale cabeceou e Sergio Ramos completou o gol. O atlético demorou a reagir e somente no final do segundo tempo surgiu o empate em um gol marcado por Carrasco.

 




Com o empate no tempo regulamentar, a decisão foi para a prorrogação que também acabou empatada. As sete primeiras cobranças foram marcadas com perfeição. Na quarta cobrança do Atlético, porém, Juafran acertou a trave. Coube ao atacante Cristiano Ronaldo marcar o gol que sacramentou a vitória do Real Madrid.

Ao contrário do que havia dito o treinador do Real Madrid Zinedine Zidane na véspera do jogo, Cristiano Ronaldo não estava 100%. O jogador português, estava visivelmente com poucas condições físicas ideais. Zidane celebrou sua primeira conquista como treinador, em apenas cinco meses no cargo.

Em uma cena emocionante, Juanfran, chorando, foi até a torcida do Atlético pedir desculpas por ter perdido o pênalti na decisão. Os torcedores reconheceram o esforço do time e aplaudiram todos os jogadores.

Melhores momentos