Ao vivo: Argentina x Chile fazem a final da Copa América 2016 neste domingo (26)

final-copa-america-ArgentinaxChileAcontece neste domingo (26-jun) nos Estados Unidos às 21 horas (de Brasília), a final da Copa América Centenário entre Argentina x Chile. Uma final reeditada entre Chile e Argentina da Copa América de 2015.

No campo, ambas as seleções se mostraram merecedoras. As duas equipes chegaram a se enfrentar na primeira fase, em jogo que acabou com vitória dos argentinos por 2 a 1. Sem Messi, Di María e Banega comandaram o triunfo da Argentina, que provou ser grande favorita ao título ao ser a única Seleção que fechou a primeira fase com 100% de aproveitamento. O Chile se classificou em segundo lugar, com seis pontos, em grupo que teve ainda Panamá e Bolívia.

Os chilenos mostraram a sua força nas quartas de final, quando aplicaram a goleada por 7 a 0 em cima do México, enquanto a Argentina também goleou no seu confronto, batendo a Venezuela por 4 a 1. Nas semifinais, ambos eliminaram seus adversários sem grandes sustos. Os chilenos bateram a Colômbia por 2 a 0 e os argentinos fizeram 4 a 0 nos anfitriões, os Estados Unidos, com grande atuação do astro Lionel Messi.




O favoritismo argentino vem do bom desempenho mostrado ao longo da competição e Messi buscar comemorar seu primeiro título com a Seleção principal da Argentina.

Os Argentinos vêm tendo como principal destaque o ataque. Em uma equipe recheada de grandes jogadores do meio pra frente, a Argentina tem o melhor ataque da competição, com 18 gols marcados. Além de ter o craque e vice-artilheiro do torneio, Lionel Messi.

Em contrapartida, o Chile que foi se encontrando ao longo da competição chegam confiantes para a segunda final contra os argentinos.

A Seleção Chilena igualmente tem como ponto forte o ataque e prova isso também com números. Somando 16 gols na Copa América, o Chile tem o segundo melhor poder ofensivo, logo atrás do rival da final. Com dois volantes que chegam muito bem ao ataque, Aránguiz e Vidal, os atuais campeões ainda contam com Alexis Sánches e Vargas, o artilheiro da competição.