Paulo Henrique Ganso negocia saída do São Paulo

Paulo-Henrique-Ganso-Sao-paulo
Ganso diz ter o sonho de jogar fora do país

O meia do São Paulo, Paulo Henrique Ganso pode estar de malas prontas para deixar o Tricolor paulista e o país. Ganso disse a um dirigente do clube que não pretende permanecer no São Paulo após a disputa da Libertadores.

O meia pediu para ser negociado na janela de transferência europeia, que se encerra no dia 31 de agosto. Até então, o São Paulo mantinha as esperanças de renovar o contrato do jogador, mas as negociações esfriaram.

O Sevilla da Espanha, é o principal interessado em contratar Ganso. Inclusive foi um pedido do técnico argentino Jorge Sampaoli, que pediu aos dirigentes espanhóis para que fizessem um esforço para ter o jogador.

O Sevilla já ofereceu R$ 25,3 milhões por 100% dos direitos econômicos de Ganso – o São Paulo detém apenas 32%, enquanto o restante pertence ao grupo DIS. A proposta foi rejeitada na mesma hora pelo Tricolor, que considerou o valor baixo.



Para justificar a vontade de sair, o meia citou o antigo sonho de atuar na Europa e o fato de Jorge Sampaoli ter solicitado sua contratação. O técnico fez sucesso à frente da seleção chilena e assumiu há uma semana o Sevilla colocando o brasileiro como uma de suas prioridades para a temporada 2016-2017

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco se mostrou preocupado com a possível saída de seu jogador mais criativo no meio-campo. O Tricolor teria direito a aproximadamente R$ 8 milhões na venda do passe de Ganso.

O São Paulo, inclusive, já fez uma oferta para extensão do vínculo de Ganso com o clube, com direito a um aumento salarial que passaria dos atuais R$ 300 mil para R$ 400 mil por mês, mas o jogador não aceitou a proposta.

Ganso foi contratado pelo São Paulo em setembro de 2012 e assinou com o clube por cinco anos. O Santos vendeu o jogador na época por  R$ 23,9 milhões.