Torneio dos Campeões da ATP Londres – ATP World Tour Finals

Grigor-Dimitrov-conquista-ATP_Londres
Tenista búlgaro Grigor Dimitrov vence o ATP Londres

Grigor Dimitrov nunca havia se classificado para o Torneio dos Campeões da ATP. Desde a adolescência, o tenista era comparado a Roger Federer, mas nunca havia chegado tão longe como neste domingo (19), em Londres. Em um duelo marcado por reviravoltas, o tenista búlgaro oscilou, mas soube se impor nos momentos decisivos para vencer o belga David Goffin por 2 a 0 na final do Torneio dos Campeões da ATP.


Dimitrov ganhou oito dos nove confrontos contra o rival na carreira e embolsou a quantia de US$ 2,55 milhões com o título. O primeiro belga a disputar o torneio com os oito melhores da temporada também nunca tinha se qualificado e nem derrubado nomes como Rafael Nadal e Roger Federer pelo caminho. Ele só apareceu no ATP Finals uma única vez, quando entrou como substituto de Gael Monfils, mas só venceu três games contra Novak Djokovic e foi eliminado na estreia.

Dupla número 1 do mundo na temporada, Marcelo Melo, do Brasil, e Lukasz Kubot, da Polônia, não foram páreo para a perfeição no saque de Henri Kontinen, da Finândia, e John Peers, da Austrália. Dessa forma, apesar do esforço, acabaram derrotados pelo placar de 2 a 0, parciais de 6/4 e 6/2, na decisão e viram seus concorrentes conquistarem o título do Torneio de Campeões da ATP na O2 Arena, em Londres.

Henri-Kontinen-e-John-Peers-vencem-ATP-Londres
Finlandês Henri Kontinen e australiano John Peers levam a melhor na final de duplas

São dois jogadores que, podem ver pelo ranking e os resultados que eles têm, estão jogando muito bem. A gente tentou fazer de tudo, trocamos várias opções de jogo, trocamos de estratégia várias vezes. Hoje foi mérito total deles. Às vezes acontece. Hoje eles acabaram levando a melhor. Com certeza meu ano foi o melhor da minha carreira. Poder estar jogando mais uma final do Torneio de Campeões e terminar como número 1 mais uma vez, sendo uma dupla nova… Eu sempre levo tudo pelo lado positivo. Não deu para ganhar o Torneio dos Campeões, mas eu seria injusto comigo e com o Lukasz se tivesse saído chateado. Tentamos, treinamos e, por outro lado, são bons motivos para voltarmos” disse Marcelo Melo.

Acompanhe a partir do dia 24 de novembro as finas da Copa Davis de tênis ao vivo no Portal da RMC.