Corinthians e Grêmio ficam no empate em Itaquera

Forte neblina toma conta do estádio durante partida
Forte neblina toma conta do estádio Itaquerão durante partida

Não foi o resultado que o torcedor Corintiano gostaria, mas, diante da boa atuação do Grêmio e dos desfalques do Corinthians, o empate em 1 a 1 em Itaquera acabou ficando de bom tamanho. O empate com os gaúchos, em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, ajudou o Corinthians a manter a liderança isolada no Campeonato Brasileiro.

O jogo
Corinthians e Grêmio entraram em campo sabendo que, pouco antes, o Atlético-MG havia vencido o Avaí (2 a 0) e avançado na segunda posição, com 48 pontos. Como o Corinthians entrou em campo na liderança com 50 e, o Grêmio, em terceiro com 44, o time gaúcho foi logo para ataque.

A defesa corintiana ficou improvisada quando o lateral-esquerdo Guilherme Arana se lesionou, dando lugar ao zagueiro Yago. Ainda assim, o Corinthians conseguia se articular. Renato Augusto, Marciel e, especialmente, Jadson, abusavam nas triangulações. Vagner Love fazia o pivô com frequência para a passagem de Malcom. O goleiro Tiago, no entanto, não teve que fazer nenhuma intervenção. Já Cássio teve que aparecer.

No segundo tempo, o panorama do jogo seguia o mesmo. Mas, com a marcação encaixada, o Grêmio dificultava a saída de bola dos donos da casa. E os gaúchos, chegaram ao gol aos 13 minutos, Marcelo Oliveira achou Bobô dentro da área e o centroavante só teve o trabalho de empurrar para as redes, os dois jogadores vieram da base corintiana.

O Corinthians conseguiu o empate minutos depois: Jadson cruzou para Renato Augusto que desviou de cabeça para o gol, Rildo perdeu uma chance clara de marcar o segundo gol. Em seguida Douglas, do Grêmio desperdiçou a chance da vitória.

CORINTHIANS 1 X 1 GRÊMIO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Público: 30.470 espectadores (30.126 pagantes)
Renda: R$ 1.635.173,50

CORINTHIANS: Cássio; Edílson, Felipe, Edu Dracena e Guilherme Arana (Yago); Ralf; Jadson, Marciel (Danilo), Renato Augusto e Malcom (Rildo); Vagner Love
Técnico: Tite

GRÊMIO: Tiago; Galhardo, Geromel (Rafael Thyere), Bressan e Marcelo Oliveira; Walace e Edinho; Giuliano, Douglas e Pedro Rocha (Yuri Mamute); Bobô (Vitinho)
Técnico: Roger Machado

Cartões amarelos:
Edinho, Bressan e Tiago (Grêmio)

Gols;
Corinthians: Renato Augusto, aos 20 minutos do segundo tempo
Grêmio: Bobô, aos 13 minutos do segundo tempo