Doriva não é mais técnico do São Paulo

Doriva não é mais técnico do São Paulo
Técnico ficou apenas 34 dias no clube

Doriva não é mais técnico do São Paulo, o treinado ficou apenas 34 dias a frente do time até sua demissão na tarde de segunda-feira (9-nov), em reunião com a diretoria do clube. Seu contrato com o São Paulo tinha vigência até o final de 2016.

Apesar do pouco tempo no clube, os números do treinador à frente do Tricolor foram baixos. Em sete jogos foram quatro derrotas (Fluminense, Cruzeiro e duas vezes para o Santos), um empate (Vasco da Gama), e duas vitórias (Sport e Coritiba).

Segundo Doriva via assessoria, “Gustavo Vieira de Oliveira, diretor executivo de futebol, me disse que queria criar um fato novo no São Paulo. E por isso fui demitido”.

Doriva chegou ao São Paulo no dia 7 de outubro, após a saída do colombiano Juan Carlos Osorio. O técnico estava no comando da Ponte Preta na época, e fazia boa campanha com a equipe campineira.

De acordo com o clube, Doriva foi demitido porque ficou definido que ele não era o treinador ideal para 2016 e o São Paulo avaliou que poderia antecipar o processo de planejamento da próxima temporada ao trocar o comando da equipe.

O assistente técnico Milton Cruz assume as últimas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro, contra Atlético-MG (no Morumbi), Corinthians (em Itaquera), Figueirense (no Morumbi) e Goiás (no Serra Dourada).