Problemas políticos no país alteram horário de jogo entre São Paulo e Palmeiras

 

A Federação Paulista de Futebol (FPF) alterou o horário do clássico entre São Paulo e Palmeiras no próximo domingo (13-mar) devido aos protestos contra o governo Dilma Russef (PT) marcado para as 15 horas. A partida que antes estava marcada para as 16 horas no estádio do Pacaembu será realizada as 11 horas da manhã por motivos de segurança.

O mando de jogo do São Paulo no Pacaembu se deve ao fato de que o Morumbi passa por reformas do gramado e obrigou a diretoria a adiar o retorno da equipe ao estádio.

De acordo com a FPF, a alteração aconteceu por motivos de segurança. Como manifestantes estarão na região da Avenida Paulista durante o meio da tarde, o fluxo de pessoas poderia trazer problemas. As obras são as maiores realizadas no local nos últimos 20 anos e serviram para adequar as medidas do campo e das traves aos padrões exigidos pela Fifa.

Em 2015, partidas pelo Campeonato Brasileiro também sofreram alterações devido a onda de protestos em todo o país.

Manifestações a favor de Lula

O diretório do Partido dos Trabalhadores em Brasília está convocando apoiadores do ex-presidente Lula para protestarem contra as ações da Polícia Federal no próximo domingo (13 de março). O ato será na Rodoviária de Brasília, a pouco mais de dois quilômetros da manifestação pró-impeachment no gramado do Congresso Nacional, marcada desde dezembro de 2015. Além da capital federal, estão programados atos em diversas localidades do Brasil.

Para evitar confrontos, o governo colocou os militares das Forças Armadas de prontidão. A Aeronáutica adiou o evento da troca da bandeira na Praça dos Três Poderes, que acontece no primeiro domingo do mês, para o dia 13. Os militares, porém, negam que a mudança tenha relação com os protestos.