Libertadores: São Paulo goleia o Trujillanos a maior no campeonato – assista aos gols

Calleri-Sao-Paulo
Calleri foi o nome do jogo ao marcar quatro gols na goleada do São Paulo sobre o Trujillanos

O São Paulo tinha obrigação de vencer o Trujillanos (Venezuela) ontem no Morumbi, pela 4ª rodada da fase de grupos, na Taça Libertadores. E o Tricolor simplesmente goleou o time venezuelano por 6 a 0, naquela que foi a maior goleada da história do time na competição. Com o resultado, os brasileiros chegaram a 5 pontos no Grupo 1 e subiram para a 2ª posição. O The Strongest (Bolivia) é o líder, com 7 pontos.

Os jogadores comandados por Edgardo Bauza acuaram os rivais desde o primeiro minuto de jogo. Só que, diferentemente do que vinha acontecendo nas últimas partidas, a equipe foi muito mais efetiva. Tanto que, em apenas 24 minutos, já vencia por 3 a 0.

Calleri cabeceou cruzamento de Michel Bastos para abrir o placar, aos 11. Aos 17, Kelvin, fez o segundo após rebote do goleiro. Depois, aos 24, João Schmidt marcou o terceiro para o tricolor.

Com a larga vantagem no marcador, os são-paulinos diminuíram um pouco o ritmo. Os rivais, timidamente, arriscavam os contra-ataques, que eram bem anulados pelos tricolores. Na etapa final, o São Paulo demorou só quatro minutos para marcar o quarto gol. Calleri foi derrubado na área e converteu a cobrança. O São Paulo chegou ao quinto gol aos 35. Em cobrança de penalidade, o mesmo argentino cobrou, o goleiro defendeu e, no rebote, ele completou para as redes.

Calleri estava inspirado e, aos 41, ele arrancou em velocidade para marcar o sexto do Tricolor e o quarto dele e fechar a goleada. O São Paulo volta a campo pela Libertadores, na próxima quarta-feira (13-abr), novamente no Morumbi, para encarar o River Plate.

 

Assista aos gols da partida

SÃO PAULO 6 X 0 TRUJILLANOS
Local: Estádio Morumbi
Público: 18.561 pagantes

São Paulo:
Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio (Lucão), Mena, Hudson, João Schmidt, Kelvin (Lucas Fernandes), Ganso, Michel Bastos e Calleri

Trujillanos:
Héctor Pérez, Granados, Del Castillo, Luiryi Erazo, José Paéz, Gerardo Mendoza (Johan Osorio), Maurice Cova, Franklin Gonzalez (Nieves), Carlos Sosa, James Cabezas e Rúben Rojas

Gols:
Calleri, aos 4 e 12 minutos do primeiro tempo; aos 34 e 41 minutos do segundo tempo.
Kelvin, aos 17 minutos do primeiro tempo;
João Schmidt aos 24 minutos do primeiro tempo;

Cartões amarelos:
Mena (São Paulo); José Paéz (Trujillanos); Héctor Pérez (Trujillanos) e Maicon (São Paulo)