Santos e Audax fizeram 1ªpartida da final do Paulistão 2016 e prometem fortes emoções na grande decisão – assista aos gols

Audax e Santos fazem primeira partida da final do Paulistão 2016
Jogadores do Audax comemoram o primeiro gol da partida da final do Paulistão

Audax e Santos fizeram a primeira partida da final do Campeonato Paulista 2016 neste domingo (01-maio) em Osasco. O jogo terminou empatado em 1 a 1 e promete fortes emoções para a grande final no dia 08 de maio.

Empurrado pelo seu torcedor, o time de Osasco mostrou o mesmo estilo de jogo instalado pelo técnico Fernando Diniz com muito toque de bola e os jogadores se alternando nas posições e com verticalidade.

Já o Santos se resguardava na defesa e apostava na boa fase de Lucas Lima e Gabriel para criar boas oportunidades. Aos poucos, o Peixe foi conseguindo chegar com mais facilidade na zaga do Audax. Só que, apesar das características ofensivas das duas equipes, as chances claras de chegar às redes não apareciam.

O Santos respondia na velocidade com Victor Bueno, que recebeu livre na pequena área, mas demorou muito para finalizar e desperdiçou a oportunidade. Em seguida foi a vez de Ricardo Oliveira ficar no quase. Em contra-ataque, o jogador acertou forte chute que acertou o travessão. Em seguida o jogador acertou outra bola na trave, cobrando falta, depois do desvio do goleiro Sidão.

No segundo a exemplo da etapa inicial, o Audax pressionava e aos 12 minutos, Mike recebeu de Tchê Tchê na área, deu um corte seco em Gustavo Henrique e marcou o primeiro gol da partida. O jogo ficou ainda mais difícil para o Santos ao perder Lucas Lima após uma torção no tornozelo.

Ronaldo Mendes que entrou no lugar de Lucas foi o autor do gol de empate aos 34 minutos. O jogador deu um forte chute da intermediária para igualar o placar.

A decisão do Paulistão acontece no próximo domingo (08-mai) às 16hs na Vila Belmiro em Santos.

AUDAX 1 X 1 SANTOS
Local: Estádio Municipal José Liberatti, em Osasco (São Paulo)
Público: 12.269 pagantes
Renda: R$ 463.730,00

AUDAX
Sidão; André Castro, Yuri Bruno Silva e Velicka; Tchê Tchê, Camacho e Juninho (Wellington); Bruno Paulo, Mike e Ytalo
Técnico: Fernando Diniz

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia, Vitor Bueno (Paulinho) e Lucas Lima (Ronaldo Mendes); Gabriel e Ricardo Oliveira
Técnico: Dorival Júnior

Gols: Mike, aos 12min, e Ronaldo Mendes, aos 34min do segundo tempo
Cartões amarelos: André Castro, Wellington (Audax); Lucas Lima, Gustavo Henrique (Santos)