Cargo de Cristóvão Borges não resiste após derrota do Corinthians no clássico contra o Palmeiras

cristovao-borges-corinthians
Demissão de Cristovão Borges já dada como certa após derrota para o Palmeiras em plena Arena Corinthians

Foi confirmado pelo presidente do Corinthians Roberto de Andrade que Cristóvão Borges não é mais técnico do clube “Queria informar que o Cristóvão Borges não trabalha mais conosco. O Corinthians vai manter até o fim do ano o auxiliar Fábio Carille”, disse o presidente, logo após o clássico.

Substituto de Tite, Cristóvão durou menos de três meses no cargo. Ele estreou contra o Atlético-MG no dia 22 de junho e fez no total 18 partidas na equipe, com sete vitórias, cinco empates e seis derrotas.

O treinador havia sido contratado para substituir Tite, ídolo do clube, que seguiu para a seleção brasileira. A expectativa era que o trabalho fosse mantido, já que o Corinthians estava na briga pelo título, o que não ocorreu.

Corinthians não apresentou o futebol que sua torcida espera no clássico contra o Palmeiras na tarde deste sábado (17-set), em Itaquera. A equipe do ex-técnico Cristóvão Borges pouco produziu, errou muitos passes e foi facilmente batida pelo arquirrival perdendo a partida por 2 x 0 dentro de casa.




Nas arquibancadas, a torcida se revoltou contra a diretoria do clube e protestou muito. Os gritos foram direcionados ao até então técnico Cristóvão Borges e ao presidente Roberto de Andrade. No intervalo do primeiro tempo, um pequeno confronto com a Polícia Militar se iniciou, mas logo foi controlado pela PM. Após sofrer o segundo gol marcado pelo Palmeiras, torcedores fizeram uma tentativa de invasão ao camarote da diretoria do time.

Cristóvão Borges estava sendo muito questionado pela torcida por não colocar o time em uma condição de igualdade perante aos outros clubes paulistas e assim dificultando a entrada do Corinthians no G4 para estar na zona de classificação para a Copa Libertadores.

confronto-torcida-corinthians-policia-em-itaquera
Torcida do Corinthians entra em confronto com a polícia após derrota do time para o Palmeiras

Jogadores foram questionados pela imprensa na saída de campo mas desconversaram sobre a demissão do técnico corintiano.

Com a derrota, o Corinthians segue com 41 pontos ganhos, na quinta colocação do Campeonato Brasileiro, podendo ser ultrapassado até o final da rodada deste final de semana. O Corinthians volta a campo na quarta-feira (21-set), quando recebe o Fluminense, às 21h45, na Arena Corinthians, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.