Corinthians perde novamente e despenca no Brasileirão com a terceira pior campanha do 2º turno

fabio-carille-corinthians
Fábio Carille, técnico interino sofre com atual momento do clube paulista após mais uma derrota em casa

Corinthians com apenas duas vitórias, um empate e cinco derrotas, com 7 gols marcados, 12 sofridos e 29% de aproveitamento em oito partidas no Campeonato Brasileiro, a campanha do timão é superior apenas às de Internacional e Santa Cruz, que estão na zona de rebaixamento. Da surpreendente liderança na 17ª rodada, o Corinthians despencou na tabela após a saída de Tite e fechou a 27ª rodada no sétimo lugar.

A equipe do técnico interino Fabio Carille deixou o quinto lugar e caiu para o sétimo, ultrapassado por Atlético-PR e pelo Fluminense, para quem o Corinthians perdeu no domingo (25-set) por 1 a 0. A distância para o G4 continua em quatro pontos, já que o Santos também foi derrotado nesta rodada, mas os três primeiros colocados já são vistos com certo distanciamento: são oito pontos a menos que o Atlético-MG, 12 atrás do Flamengo e 13 a menos que o líder Palmeiras.




Dos oito jogos desta segunda metade do torneio o Corinthians perdeu para Grêmio, Ponte Preta, Santos, Palmeiras e Fluminense, empatou com o Coritiba e superou apenas Vitória e Sport. Durante este intervalo, demitiu o técnico Cristóvão Borges e colocou à frente do trabalho o interino Fabio Carille, que, segundo o presidente Roberto de Andrade, “vai levando até aparecer alguém“.

O Corinthians enfrenta um jejum de quatro partidas sem vencer no Campeonato Brasileiro, e terá a missão de se reabilitar fora de casa, pois enfrenta o Botafogo na Arena Botafogo, sábado, às 16h30 – o meia Giovanni Augusto, suspenso, será desfalque nesta partida.

Antes mesmo disso tudo, o Corinthians volta atenções à Copa do Brasil, e abre a disputa das quartas de final nesta quarta-feira, às 21h45, contra o Cruzeiro. No quarto jogo seguido em Itaquera da temporada, a meta será aumentar a confiança e encaminhar uma possibilidade mais concreta de êxito na temporada.

Conselheiros defendem permanência de Carille
A permanência do técnico Fábio Carille no comando do Corinthians até dezembro deste ano é defendida por conselheiros e sócios do clube alvinegro. Segundo eles, a espera pode dar ao Timão mais opções de escolha e barateamento no custo da contratação.

O presidente Roberto de Andrade vem recebendo muita pressão para uma contratação o mais rápido possível, e garantiu em entrevista que “tudo pode acontecer” em relação ao comando do time. O dirigente admite que o fim do Campeonato Brasileiro pode levar ao mercado nomes mais interessantes como os de Paulo Autuori e Oswaldo de Oliveira, atualmente no comando do Atlético-PR e Sport respectivamente.