Modalidades Esportivas na Olimpíadas de Inverno 2018

Curling
O Curling é um esporte olímpico coletivo praticado em uma pista de gelo cujo objetivo é lançar pedras de granito o mais próximo possível de um alvo, utilizando para isso
a ajuda de varredores.

Snowboard
O Snowboard ou Snowboarding é um esporte que, tal como o skate e o surfe, consiste em equilibrar-se sobre uma prancha. Este, porém, se faz na superfície nevosa
das encostas de montanhas – como o esqui.

Hóquei
O hóquei no gelo ou hóquei sobre o gelo é um esporte olímpico jogado num rinque de patinação entre duas equipes de seis jogadores – onde todos os jogadores e juízes
calçam patins sobre o gelo.

Patinação de Velocidade
A Patinação de Velocidade é um esporte de inverno que data do século XVI, em que dois ou mais atletas disputam corridas sobre pistas de gelo. O esporte altamente
popular na Holanda e na Noruega experimentou um crescimento significativo no cenário dos esportes de inverno nos últimos anos.

Biatlo
O biatlo combina a força e a agressividade do esqui cross-country com a precisão e a calma do tiro esportivo. O esporte tem sua origem nas habilidades de
sobrevivência praticadas nas florestas cobertas de neve da Escandinávia, onde seus habitantes caçavam com esquis com rifles pendurados sobre seus ombros.
Salto de Esqui
O Salto de esqui é um esporte olímpico de inverno criado na Noruega no início do século XIX. Espalhou-se pela Europa e pela América do Norte no início do século XX
através, principalmente, de Sondre Norheim, pioneiro do esqui moderno. As pistas de salto são classificadas de acordo com a distância que os esquiadores percorrem
no ar, e têm especificações quanto à área de largada, à curvatura e à área de decolagem.

Patinação
A patinação ou patinagem artística no gelo é um tipo de patinação. Este esporte provavelmente teve origem no continente Europeu, visto que, em conjunto de seu clima
ser individualmente frio, em épocas remotas, não havia como passar por lagos congelados.