Estado de São Paulo poderá ter construção de mais 25 novos pedágios; cidades se manifestam contra

paraca-pedagio
Após construção de pedágios, vias terão uma média de um pedágio a cada 90,6 km no estado

O governo do Estado de São Paulo pretende instalar 25 novos pedágios no interior e no litoral paulista. A medida prevê um investimento de cerca de R$ 10,8 bilhões.

As praças seriam construídas em trechos administrados pela Autovias e pela Vianorte, além de diversos trechos no interior do Estado. Com esses novos pedágios, as vias terão uma média de um pedágio a cada 90,6 km. A decisão do governador Geraldo Alckmin (PSDB) já enfrenta oposição, e as cidades de Franca, Batatais e Cristais Paulista já se manifestaram contra.

Em abril serão apresentados os editais para construção. Os vencedores deverão ser conhecidos em julho. A previsão é que os motoristas comecem a ser cobrados apenas no próximo verão, em 2017. As novas praças irão se unir às 153 já existentes, enquanto os novos quilômetros se juntam aos atuais 6.400 km