Filhote de golfinho morre após ser retirado do mar por banhista

Filhote de golfinho morre após ser retirado do mar por banhista
De forma brutal animal foi retirado da água para ser fotografado por banhistas em litoral argentinos

Banhistas da praia de Santa Teresita, na Argentina, tiraram do mar um filhote de golfinho com poucos dias e sem nenhuma razão aparente começaram a fazer uma série de fotos e selfies com o mamífero que não resistiu por ficar muito tempo fora d’água e acabou morrendo.

O animal (por ser um mamífero o golfinho é considerado um animal) morto é chamado de “franciscano”, por causa do tom castanho de sua pigmentação, que faz lembrar as vestes dos monges franciscanos.

Segundo uma pessoa que estava no local, os banhistas não foram responsáveis pela morte do golfinho, pois o animal já havia chego a praia morto. Ainda de acordo com o relato naquele dia o mar estava quente e cheio de águas vivas, por isso, outros golfinhos também apareceram mortos na praia.

A Fundação Vida Silvestre Argentina garante que o excesso de manipulação e o tempo fora da água foram os motivos reais para a morte do golfinho. Medindo até 1,70 metro os golfinhos habitam a costa da Argentina, Uruguai e Brasil e são considerados em risco de extinção.