Transferência bancária por TED tem redução de valores em todo o país

 

Uma grande mudança no sistema bancário ainda é desconhecida por muitas pessoas: desde o dia 15 de janeiro (2016), as transferências bancárias por meio de TED (Transferência Eletrônica Disponível) não têm mais valor mínimo ( o valor antigo era de R$ 250).

Na TED a compensação do crédito é feita no mesmo dia, mesmo quando a transação ocorre entre bancos diferentes. Em outras movimentações financeiras, como o cheque ou o DOC (Documento de Crédito), é necessário aguardar pelo menos um dia para o dinheiro ser transferido.

A compensação do DOC é semelhante à de um cheque, feita à noite pelos bancos e pode ser devolvida caso o cliente não tenha fundos ou forneça informações incorretas na operação. Já a TED é aceita apenas quando o cliente tem recursos disponíveis e as informações estão todas corretas.

transferencia-bancaria-caixa-eletronicoTanto o DOC como a TED podem ser feitos por meio do internet banking, em caixas eletrônicos e nos caixas presenciais. Elas servem para enviar dinheiro para contas de um banco para terceiros — pessoa física ou jurídica. Criada em 2002, a TED  foi tendo reduções de limite ao longo dos anos.

transferencia-bancaria-pela-internetDADOS NECESSÁRIOS PARA REALIZAR DOC OU TED

Para fazer DOC ou TED, o emitente vai precisar do nome completo do beneficiário (quem vai receber), CPF ou CNPJ, os dados bancários (banco, agência e conta) e o tipo de conta (corrente ou poupança). Em relação ao número banco, ele é identificado por uma sequência de três números e chamado de Compe. O sistema do seu internet banking pode pedir para marcar entre Compe ou ISPB. No caso deste último, é uma sequência de oito dígitos que identificam instituições que não possuem o Compe.

Em caso de algum erro o dinheiro volta para a conta no dia seguinte. Antes de realizar uma transação, confira as regras do banco. Horários podem mudar de uma instituição para outra.