Lutador de MMA morre após combate com atleta do time de McGregor

morre-lutador-mma-joao-carvalho
Charlie Ward (de costas) acerta golpe em João Carvalho na luta entre os dois no TEF 1 MMA (Foto: Dave Fogarty – Independent)

Uma tragédia aconteceu no mundo dos esportes. O português João Carvalho , da Team Nóbrega, foi nocauteado por Charlie Ward no TEF1, em Dublin, na Irlanda e faleceu.

O meio-médio João “Rafeiro” Carvalho (28 anos), estava internado desde o dia 9 de abril, em Dublin, em virtude dos golpes sofridos na cabeça na derrota por nocaute técnico para Charlie Ward no evento “TEF – Total Extreme Fighting”. Ele morreu no Beaumont Hospital no dia 11 de abril. A informação é do site do jornal “Independent”, da Irlanda.

Oficialmente, a morte de João Carvalho é a primeira ocorrida em um evento de MMA profissional
e regulamentado. O lutador fazia sua terceira luta como profissional – tinha um cartel de uma vitória e uma derrota em sua carreira.

Companheiro de equipe de Conor McGregor na SBG Team, o também irlandês Charlie Ward –
que tinha em seu córner o técnico John Kavanagh – venceu a luta aplicando diversos golpes na cabeça de Carvalho, que tentava se proteger sob o olhar do árbitro, que segundo o próprio McGregor, teria demorado a interromper o combate: “Achei que a luta poderia ter sido parada um pouco mais cedo do que foi. Acho que esses árbitros precisam estar mais em cima do lance”.

Em entrevista ao site “SevereMMA.com”, Katarzyna Michlic, dona da Eventmed, empresa que prestou atendimento ao lutador, Carvalho estava “caminhando, falando e sorrindo” normalmente após a luta, mas como seu estado piorou rapidamente em seguida, foi levado para o hospital.

CEO do evento, o português César Silva lamentou a morte do seu compatriota:
– Nossas mais sinceras condolências à família de João Carvalho, bem como aos seus companheiros de equipe. Nossos pensamentos e preces estão com eles. Queremos agradecer a todos os fãs do esporte por sua preocupação e apoio. Daremos todo o apoio que pudermos à família de João. Estivemos em contato com eles, que pediram compreensão e privacidade neste momento tão difícil.

John Kavanagh, técnico de Ward e da equipe SBG, também se pronunciou:

É com o coração partido que lamentamos a morte do lutador português João Carvalho. No sábado, dia 9 de abril, ele teve problemas médicos após sofrer um nocaute técnico no terceiro round no evento Total Extreme Fighting (TEF), que aconteceu no National Stadium, em Dublin. A IAPA (Irish Amateur Pankration Association) está trabalhando sem descanso para colher fator e avaliar todas as circunstâncias e procedimentos do evento, e colaboraremos com quaisquer investigações que sejam necessárias. Nossas condolências e pensamentos estão com a família e os amigos de João, e pedimos que seja respeitada sua privacidade.

lutador-mma-joao-carvalho-team-nobrega-portugalA equipe portuguesa Team Nóbrega divulgou uma nota no dia 12/04/2016:

A Nóbrega Team vem desta forma confirmar o falecimento do seu atleta, João Carvalho, que ocorreu ontem à noite no Hospital Beaumont, em Dublin, pelas 21:35 horas. É com grande consternação e tristeza que escrevemos estas palavras, informando que o óbito do atleta João Carvalho aconteceu depois de 48 horas em estado crítico.

Durante o evento TEF-MMA, que decorreu no sábado, no National Boxing Stadium em Dublin, onde foram cumpridas todas as regras de segurança, e após um combate onde a arbitragem seguiu todos os procedimentos corretos e habituais, o atleta João “Rafeiro” Carvalho sentiu-se mal, cerca de 20 minutos depois do final do combate.

Ainda no local foi imediatamente assistido pela equipe médica presente, sendo depois transportado rapidamente para o Hospital Beaumont, onde foi submetido a uma intervenção cirúrgica cerebral, após a qual o atleta permaneceu em estado crítico durante as 48 horas seguintes, acabando por falecer nesta segunda-feira as 21:35 horas.

Apesar do permanente acompanhamento médico que teve por parte da organização do evento e do hospital irlandês, a quem agradecemos todo o apoio prestado nestes momentos difíceis, e embora sejam conhecidos os riscos deste esporte, o falecimento de João Carvalho no meu ponto de vista profissional foi uma enorme infelicidade, que deixa profundamente tristes e consternados, tanto a sua família, como toda a equipe Nóbrega Team, que sempre acompanharam o João Carvalho ao longo da sua carreira, em que ele se vinha destacando a nível nacional e internacional.

É, pois, com muito pesar que apresentamos as nossas sinceras condolências à família e a toda a equipa Nóbrega Team.