4 de julho: Forças de segurança saem às ruas no Dia da Independência dos Estados Unidos

 

estados-unidos-dia-04-de-julho-2016-independencia

Os Estados Unidos comemoram nesta segunda-feira, 4 de julho ,o Dia da Independência. Dia, em que  treze colônias americanas declararam a separação formal do Império Britânico no ano de 1776. Em meio a tantas tradições, uma nada data festiva entrou no calendário americano: a presença ostensiva de forças de segurança nas ruas contra o terrorismo.

 

 

soldados-americanos-reforcam-seguranca-nos-usa
Soldados reforçam a segurança em terminal metroviário em Manhattan

O alerta para atentados subiu após a onda de ataques em junho (com cerca e de 250 vítimas “Orlando, Istambul, Bangladesh e Bagdá”). O Departamento de Segurança Nacional divulgou boletim sobre terrorismo, o primeiro desde dezembro, alertando para “uma nova fase de ameaças globais”.

Extremistas, diz o relatório, “vão considerar uma seleção diversa de alvos” e “usar a internet para inspirar indivíduos” terroristas solitários como o atirador de Orlando. Após o atentado turco, o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, repetiu o que virou mantra na gestão do presidente dos Estados Unidos Barack Obama: Estado Islâmico e afins “sabem que precisamos acertar 24 horas por dia, sete dias por semana, 365 dias ao ano. Já eles têm que acertar por dez minutos”.



Serão 240 anos da independência americana, o mais patriótico dos feriados, e um dos mais gulosos também: cada pessoa gasta em média US$ 71,34 (R$ 230,00) com comida, neste dia. Pontos turísticos, como a Times Square, por onde transitam 300 mil pedestres por dia, receberão reforço de segurança. O cortejo com 56 mil fogos de artifício que a loja de departamento Macy’s preparou para Nova York é outra preocupação.
A polícia de Chicago, cidade que vem testemunhando um salto nas mortes por arma de fogo neste ano, anunciou uma presença reforçada de mais de 5 mil agentes em patrulha durante o feriado prolongado.

O Departamento de Polícia de Nova York vai mobilizar oito unidades novas dos chamados cães farejadores de rastros de vapor, treinados para detectar explosivos usados junto ao corpo, disse o comissário Bill Bratton.  A presença humana do departamento neste feriado terá um acréscimo de quase 2 mil policiais novos que se formaram na sexta-feira (01/07).