TRE – Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo abre concurso público com salários de R$ 5,9 e 9,7 mil

 

O Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo (TRE-SP) abriu inscrições para cargos de nível superior de analista judiciário nas áreas judiciária, administrativa, análise de sistemas, assistência social, contabilidade, medicina (clínica médica), psicologia e relações públicas com salário de R$ 9.736,27.

Existem também vagas para o nível médio de técnico judiciário nas áreas administrativa, artes gráficas, enfermagem, programação de sistemas e operação de computadores com salário de R$ 5.934,15




A lotação para os cargos de analista judiciário nas áreas judiciária e administrativa e técnico judiciário na área administrativa será nos cartórios eleitorais do Estado de São Paulo ou na Secretaria do TRE/SP (situada na capital), enquanto que os demais postos serão apenas na Secretaria do TRE/SP.

Ao todo serão 14 vagas e cadastro de reserva de onde deve vir o maior número de contratações, uma vez que ele servirá para suprir todas as vagas que surgirem no órgão até o fim do prazo de validade da seleção (de dois anos, prorrogável por mais dois).

As inscrições devem ser feitas entre os dias 12 de setembro a 11 de novembro. A taxa é de R$ 70,00 para nível médio e de R$ 85,00 para nível superior.

Ver edital de Retificação
Ver edital de Abertura de Inscrições
Fazer inscrição para o concurso




Mais 225 vagas para o concurso

O concurso aberto pelo TRE/SP poderá contar com pelo menos mais 225 oportunidades para preenchimento durante seu prazo de validade, além daquelas que surgirem durante este período, em decorrência de aposentadorias, demissões voluntárias e exonerações.

Acontece que tramita, na Câmara dos Deputados, o projeto de lei 5052/2016, que visa criar novas 370 vagas junto ao órgão, sendo 225 para preenchimento efetivo, que pode ser feito por aprovados no novo certame. Além destas, a proposta conta com mais 24 cargos em comissão e 121 funções comissionadas, ou seja, para preenchimento, por indicação, exclusivamente para servidores concursados de carreira dentro do tribunal.

Das 225 vagas para preenchimento efetivo, 129 são para o cargo de técnico judiciário, carreira que pede apenas ensino médio, e 96 para analistas judiciários, para nível superior.