Santuário de Aparecida tem comemorações para do Dia de Nossa Senhora da Aparecida padroeira do Brasil;Papa Francisco deve voltar ao país-veja história da Santa

santuario-nacional-de-aparecida
Basílica de Aparecida, cerca de 400 mil fiéis são esperados na semana das comemorações

O feriado de quarta-feira (12-out) marca o dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, a cidade de Aparecida no interior paulista preparou uma série de eventos para receber cerca de 400 mil (160 mil apenas no dia 12) turistas que devem passar pelo Santuário. A missa desta quarta-feira (12) terá transmissão ao vivo no site.

O reitor do Santuário, padre João Batista de Almeida explica que a Festa é um dos maiores eventos católicos do país e que o Santuário de Aparecida é a grande referência para todos os católicos “Aparecida é o centro religioso de peregrinação onde os católicos vêm para renovar a sua fé”, diz o reitor.




Santuário
O Santuário de Aparecida é considerado como o principal polo de turismo religioso do Brasil. São cerca de 12 milhões de visitantes por ano. A Basílica tem capacidade para celebrar missas para até 35 mil pessoas na área interna e para até 300 mil na área externa.

A programação deste ano inclui uma carreata pelas ruas da cidade, Procissão Memória, com destino ao Porto Itaguassú, local onde, segundo os católicos, aconteceu a pesca milagrosa da imagem da santa e a Procissão Solene com a imagem da Padroeira do Brasil no dia 12 às 18h, além de shows musicais com diversos artistas durante todo o período de celebrações.

Monumento em homenagem à Nossa Senhora
Os jardins do Santuário Nacional, em Aparecida, ganharam um monumento em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, no sábado (08-out). A obra é idêntica a que foi inaugurada nos jardins do Vaticano e abençoado pelo Papa Francisco em setembro.

A bênção foi realizada pelo Cardeal Arcebispo de Aparecida, dom Raymundo Damasceno, em comemoração ao Jubileu dos 300 anos do encontro da Imagem de Aparecida, que acontecerá em 2017

.




Papa Francisco novamente no Brasil
Quatro anos depois da visita ao Brasil, durante a Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, o Papa Francisco anunciou que voltará ao Brasil em 2017 para as comemorações do
Jubileu dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

O Vaticano abriu negociações com o Itamaraty para a vinda do santíssimo mas não se sabe ainda quais quais as outras cidades em que o Para deverá passar durante sua estadia no país. A vinda do Papa para Aparecida irá gerar um número recorde de fiéis ao Santuário.

 

Peregrinos na Via Dutra
Milhares de devotos devem caminhar os cerca de 30 quilômetros a caminho do santuário de Aparecida pela via Dutra (rodovia que liga SP ao RJ), para prestar homenagens à padroeira do Brasil.

Em 2015, segundo a Polícia Rodoviária Federal, 7.600 pessoas fizeram essa caminhada pela Dutra. Em São José dos Campos, voluntários montaram uma base de apoio ao romeiro com alimentos, frutas e água. No local também foi montado uma capelinha, com a imagem de Nossa Senhora além de uma enfermaria para aqueles que precisarem de atendimento.




História de Nossa Senhora de Aparecida e o feriado

A história da Nossa Senhora de Conceição Aparecida, padroeira do Brasil, começou em 1717. O governante das capitanias de São Paulo e Minas de Ouro estava de passagem pelo Vale do Paraíba em São Paulo, mais precisamente por Guaratinguetá. Animados com a visita, o povo daquela localidade resolveu fazer uma festa de boas-vindas e para isso chamaram três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso para lançar as redes no rio e pescar bons peixes. A época não estava boa para pesca, e eles rezaram pela proteção e benção da Virgem Maria e de Deus para que pudessem voltar à terra firme com fartura.

Depois de inúmeras tentativas sem sucesso, eis que surpreendentemente eles pescaram o corpo de uma imagem. Curiosos, lançaram novamente as redes e “pescaram” uma cabeça que se encaixou perfeitamente ao corpo. A partir daí, peixes surgiram em abundância. Este é tido como o primeiro milagre da Padroeira. Em seguida, o povo nomeou a imagem como Aparecida para indicar as circunstâncias misteriosas de seu achado.




A devoção da Santa foi se espalhando. Primeiro nas casas, depois se construiu uma capela, depois uma basílica, até chegar ao quarto maior santuário do mundo. Em 1980, ainda em construção, foi consagrada pelo Papa João Paulo ll e recebeu o título de Basílica Menor. Em 1984, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) declarou oficialmente a Basílica de Aparecida Santuário Nacional em Aparecida interior do Estado de São Paulo, sendo o “maior Santuário Mariano do mundo”.

Hoje, a padroeira do Brasil – país mais católico do mundo, atrai mais de 7 milhões de romeiros e devotos por ano. O Papa Francisco é devoto de Nossa Senhora de Aparecida

O dia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida era comemorado em 8 de dezembro desde que, em 1928, o papa Pio XI a declarou padroeira do Brasil, mas a partir de 1954, ela passou a ser homenageada em 12 de outubro, quando o governo brasileiro decretou esse como seu dia­ oficial. Neste dia comemoram-se mais duas datas: o Dia das Crianças e o Dia do Descobrimento da América. O feriado nacional, contudo, deve-se somente ao dia da padroeira.

Leia também
Peregrinos tem um novo roteiro mais seguro até o Santuário de Aparecida pela “Rota da Luz”