Em Paulínia Edson Moura Jr. retorna à prefeitura novamente

seta-voltar-paulinia

Na quarta-feira (10 de dezembro) o Tribunal Regional Eleitoral  de São Paulo(TRE) concedeu liminar em favor do prefeito de Paulínia Edson Moura Júnior (PMDB). Com a decisão da desembargadora Diva Malerbi, o político deve retornar ao cargo ainda nesta quinta-feira (11), que é ocupado interinamente pelo presidente da Câmara, Marquinho Fiorella (PP).

No dia 1º de dezembro Marquinho Fiorella assumiu o Executivo após a quarta cassação de Moura Jr. No dia seguinte, o peemedebista voltou ao cargo após ingressar com um recurso para aguardar no cargo os embargos de declaração solicitado por sua defesa. Novamente e pela quinta vez, Edson Moura Júnior (PMDB), foi cassado pela Justiça Eleitoral de SP. É o prefeito mais cassado em uma única gestão no Brasil. A decisão foi publicada na quinta-feira (04) no Diário da Justiça e por ser em primeira instância, o político podia recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral, que concedeu a liminar em favor de Edson Moura Jr.

Marquinho Fiorella havia assumido a prefeitura no dia 05 de dezembro mais uma vez, e deverá voltar a ocupar o cargo de Presidente da Câmara Municipal ainda nesta semana. A população segue sem conhecer uma decisão definitiva da Justiça sobre o caso, que se estende desde as Eleições Municipais de 2012.