Campanha Nacional de Multivacinação e Poliomielite 2015 em Paulínia

seta-voltar-paulinia

Secretaria Municipal de Saúde de Paulínia, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), inicia no sábado, dia 15 de agosto  , até o dia 31 de agosto, a Campanha Nacional contra Poliomielite e Multivacinação 2015. O público-alvo são crianças a partir de seis meses (poliomielite) e menores de 5 anos (multivacinação), totalizando 5.746 crianças na cidade.

A meta é manter coberturas vacinais maiores ou iguais a 95% contra a poliomielite de forma homogênea em todos os municípios brasileiros, promovendo a proteção coletiva por meio da disseminação do vírus vacinal no meio ambiente e evitar formação de bolsões de não vacinados.
Os pais ou responsáveis devem levar o cartão de vacinação das crianças. Com o documento, os técnicos dos postos onde ocorrerá a vacinação, avaliarão se a criança precisa tomar outra vacina. Durante a campanha, a Secretaria de Saúde de Paulínia também pretende atualizar o cartão de vacina das crianças.

Vacina oral
Vale lembrar que não existe tratamento para a poliomielite (doença viral que pode afetar os nervos e levar a paralisia parcial ou total), somente a prevenção por meio da vacinação. A vacina protege contra os três sorotipos do poliovírus 1, 2 e 3. A eficácia da imunização é em torno de 90% a 95%. Ela é recomendada mesmo para as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia.

Campanha Nacional
Esta será a 36ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o 26º ano sem casos da doença no país, estando livre do poliovírus desde 1990. De acordo com o Ministério da Saúde, até que aconteça a certificação mundial de erradicação desse agente infeccioso, todas as ações devem ser mantidas.

Este ano, a meta do Ministério da Saúde é vacinar, em todo o Brasil,  12 milhões de crianças entre seis meses e cinco anos incompletos. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, lembra que a única forma de prevenção à doença é a vacina.  A poliomielite é uma doença contagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança não morre quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite deste ano segue até o dia 31 de agosto, em todo o país. Para saber mais, acesse a página do Ministério da Saúde. O endereço é www.saude.gov.br.