Governo de São Paulo investe no programa Saúde em Ação em toda a região

Governo de São Paulo investe no programa Saúde em Ação em toda a região
O Governador Geraldo Alckmin durante assinatura de convênio com municípios do Programa Saúde em Ação

O governo de São Paulo está investindo R$ 801 milhões no programa Saúde em Ação em várias cidades do estado, para o fortalecimento e melhoria da qualidade dos serviços prestados à população.

O valor investido faz parte de uma parceria inédita entre o governo e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), deste montante 70% será proveniente do empréstimo firmado com o banco e 30% são de recursos do tesouro do Estado.

Entre as 71 cidades atendidas está a região de Campinas com 20 municípios que foram avaliados pela Secretária da Saúde em um estudo cujos critérios foram questões epidemiológicas e demandas regionais.

Serão criadas 33 novas UBS (Unidades Básicas de Saúde) nas cidades de Arthur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Morungaba, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Vinhedo.

Além de reformas em 38 UBS nas cidades de Americana, Arthur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Monte Mor, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré e no auxílio em capacitações e linhas de cuidados aos municípios de Engenheiro Coelho e Santo Antonio de Posse.

Também serão construídos cinco Caps (Centros de Atenção Psicossocial) nos municípios de Americana, Cosmópolis, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Valinhos, além da reforma de outras seis unidades nas cidades de Campinas, Itatiba, Paulínia, Pedreira e Sumaré, bem como reforma do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Campinas.

Com esse investimento, serão construídos hospitais, unidades básicas de saúde e centros de atenção psicossocial. “E além das obras, teremos requalificação, treinamento de recursos humanos, informatização de todo sistema e regionalização”, declarou o governador Geraldo Alckmin.