Americana mapeia número de imigrantes haitianos

seta-voltar-americana

Americana mapeia número de imigrantes haitianos
Cidade é uma das que mais recebe imigrantes na Região Metropolitana de Campinas

Após receber um grande números de refugiados haitianos, a cidade de Americana será mapeada pela Secretaria da Justiça e Cidadania do estado de São Paulo  para chegar a números exatos sobre a presença de imigrantes na cidade. Americana é uma das cidades da Região Metropolitana de Campinas que mais têm recebido imigrantes, estima-se que chegam até 1,2 mil pessoas por mês.

A intenção do mapeamento é criar políticas sociais mais precisas para receber os imigrantes e orientar a população para evitar casos de xenofobia (desconfiança, temor ou antipatia por pessoas estranhas).

O mapeamento será realizado a partir de contato com órgãos do poder público municipal, estadual e federal, organizações não governamentais, empresas e universidades. A ideia é pegar com cada um desses órgãos o número de haitianos registrados para chegar a um dado confiável oficial até o final do ano. Além dos haitianos, também serão mapeados imigrantes, peruanos, bolivianos e paraguaios que vivem na cidade.

Para a Associação Comercial de Americana, o mapeamento poderá contribuir também para elaborar estratégias para que esta mão de obra seja absorvida pelo mercado local.