Após greve de 84 dias, INSS de Sumaré reabre agência com grande movimento

seta-voltar-sumare

Após greve de 84 dias, INSS de Sumaré reabre agência com grande movimento
atendimentos no primeiro dia após a greve priorizaram segurados com benefícios suspensos ou com documentação em falta

Após 84 dias de greve o INSS de Sumaré reabriu para o público na manhã de sexta-feira (2), muitos segurados buscaram pela agência para atendimento de processos antigos, mas não conseguiram atendimento. O acesso ao local foi controlado e apenas os beneficiários agendados foram atendidos, o que deixou muita gente confusa e irritada.

Segundo o sindicato da categoria, os atendimentos no primeiro dia após a greve priorizaram segurados com benefícios suspensos ou com documentação em falta.

Mesmo com a reabertura da agência, alguns médicos peritos mantiveram a greve e cobram reajuste salarial de 27%. O acordo que decretou o fim da greve dos servidores do INSS foi assinado entre o governo e as entidades sindicais na última terça-feira (29). O movimento de paralisação começou no dia 7 de julho. Com o acordo e o compromisso de retomada das atividades, o INSS e os servidores devem realizar o atendimento à população por meio de mutirões.

A reabertura das agências estava prevista para quarta-feira (30), mas foi adiada pelo Ministério da Previdência Social. Para os segurados que não foram atendidos durante a paralisação, o INSS considerará a data originalmente agendada para concessão do beneficio.