Bancários decidem por nova greve em vários estados a partir do dia 6/10

Bancários decidem por nova greve em vários estados a partir de terça
Bancos orientam correntistas a pagarem contas pelos caixas eletrônicos, internet e casa lotéricas durante a greve

Em assembleia realizada na quinta-feira (1°), o sindicato dos bancários de São Paulo decidiu por nova greve a partir de terça-feira (6). A decisão ocorre depois de negociação com a federação dos bancos, outros estados também irão aderir ao movimento, entre eles Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador. O país tem mais de 500 mil bancários, sendo 142 mil no estado de São Paulo.

Os bancários haviam recebido uma proposta de 5,5% de reajuste nos salários, além de R$ 2.500 de abono fixo. A categoria pede reajuste salarial de 16%, sendo 5,6% de aumento real e 9,88% referentes à perda da inflação. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, esse foi o pior índice oferecido pelos bancos desde 2004.

Orientação ao consumidor
De acordo com o Procon-SP, diante de um cenário de greve, o consumidor continua com a obrigação de pagar faturas, boletos bancários e demais cobranças, mas as empresas são obrigadas a oferecer outro local de pagamento.

Para evitar a cobrança e o envio do nome a serviços de proteção ao crédito, a entidade recomenda que o consumidor entre em contato com a empresa e peça opções de formas e locais para pagamento, como internet, sede da empresa e casas lotéricas. O consumidor deve documentar o pedido para que, posteriormente, possa reclamar ao Procon-SP se o fornecedor não o atender.