Ex-prefeito de Hortolândia assume cargo de deputado estadual

seta-voltar-hortolandia

O ex-prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini (PT) teve sua candidatura deputado estadual aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante sessão na quinta-feira (1º-out). O Político fica autorizado a assumir o cargo de deputado para o qual foi eleito, em 2014 com 94.174 votos.

A candidatura de Perugini estava impugnada pela Justiça Eleitoral que entendeu, com base em informações do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que o petista cometeu irregularidades na prestação de contas do Consórcio Intermunicipal Consoleste, que presidiu em 2008 e 2009.

Após recurso do político, o TSE autorizou Perugini a assumir a cadeira na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) após o tribunal de contas arquivar o processo contra ele. sobre qual deputado vai deixar o cargo para dar lugar a Perugini.

“Não foi fácil esse período porque enfrentei um ‘pré-julgamento’, quando meus votos não apareceram para o eleitor ao final da eleição. Acredito, inclusive, que devamos repensar esse modelo de primeiro se condenar e depois validar. De qualquer forma, agora a mistura de sentimentos é entre alívio e responsabilidade. Primeiro, porque a justiça foi feita. Depois, porque começamos neste momento um novo caminho, com imensos desafios pela frente, que é o de representar a população do estado de São Paulo junto ao governo estadual”, disse Perugini.

A representatividade da Região Metropolitana de Campinas no Legislativo estadual também será ampliada. Com a entrada de Perugini, subirá para sete o número de deputados que representam a RMC. Com os deputados Feliciano Filho (PEN), Célia Leão (PSDB) e Davi Zaia (PPS), de Campinas; Cauê Macris (PSDB), e Chico Sardelli (PV), de Americana; e Rogério Nogueira (DEM), de Indaiatuba.