Prefeitura de Indaiatuba é cercada pelo MPE durante ação contra fraude em desapropriação de imóveis

seta-voltar-indaiatuba

Prefeitura de Indaiatuba é cercada pelo MPE durante ação contra fraude em desapropriação de imóveisO Ministério Publico Estadual (MPE), a Polícia Militar (PM) e a Polícia Civil cumpriram mandados de busca e apreensão no início da manhã de segunda-feira (5) na Prefeitura de Indaiatuba e em outros pontos da cidade. Dez viaturas foram deslocadas com cães farejadores para a Prefeitura.

O prédio foi cercado e os funcionários barrados na porta, impedidos de entrar logo cedo. Ao mesmo tempo, mandados de busca foram cumpridos na casa do prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB), no condomínio Jardim Esplendor. A polícia teve o apoio do helicóptero Águia na operação. Na casa do prefeito foram apreendidos mais de R$ 1,5 milhão em dinheiro. Na Prefeitura, os promotores recolheram mais R$ 400 mil.

A operação, que foi feita em Indaiatuba e também no município de Bragança Paulista, que investiga um esquema de fraude em desapropriação de imóveis pelas prefeituras.

Em Indaiatuba, foram cumpridos 12 mandados na Prefeitura, na casa do prefeito e em empresas. A Prefeitura disse em nota que aguarda manifestação oficial da promotoria para analisar possíveis denúncias e apresentar as respectivas defesas.

Já em Bragança Paulista, foram executados dois mandados de busca e apreensão na casa do prefeito, Fernão Dias (PT), e na Prefeitura. Na residência dele, foram encontradas quatro armas de fogo. A Prefeitura do município informou por meio de nota que não foi encontrado dinheiro na sede do Executivo e, em relação às armas, a administração afirma que são todas registradas, porque o prefeito é delegado.

Leia também:
Promotor de justiça de Indaiatuba é afastado