Senai suspende novos processo seletivo para cursos técnicos em todo o estado

seta-voltar-campinas

Senai suspende novos processo seletivo para cursos técnicos em todo o estado
Instituição alega crise no país e redução de repasse das empresas conveniadas

Novos cursos técnicos programados para começar nesta semana em todo o estado de São Paulo pelo Senai foram suspensos. Na região de Campinas, 9 escolas foram afetadas e não há prazo para a reabertura. Segundo o Senai, a medida foi adotada devido à crise econômica que atinge o país e o ajuste fiscal, que deve confiscar até 30% dos repasses recebidos pelo chamado Sistema S (Senai, Sesi e Senac).

Segundo o Senai, os cursos técnicos terão que passar por um estudo de remodelação para definir quais as modalidades e a quantidade de vagas para que os estudantes sejam absorvidos pelo mercado de trabalho.

O Senai recebe 1% da folha salarial das indústrias, e como nesse ano houveram várias demissões em função disso o repasse, que faz parte do orçamento diminuiu.

Outra questão que preocupa a instituição é que o presidente da Federação das Indústrias do estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, criticou uma medida do governo federal que pretende reduzir 30% dos recursos ao Sistema S, segundo alguns analistas o profundo envolvimento do presidente da instituição na politica contribuiu para a crise na instituição.

Em nota, o Senai afirma que repudia qualquer tipo de acordo que comprometa os serviços da instituição. O governo federal destacou que a redução no repasse para entidades como o Senai faz parte da proposta de ajuste econômico para o equilíbrio de contas e que o atual cenário econômico está dificultando o repasse para várias instituições.

Senai Paulínia
A construção de uma nova unidade do Senai em Paulínia que teve suas obras iniciadas em fevereiro de 2013 e um prazo de 18 meses para conclusão foram interrompidas devido ao momento econômico que a instituição atravessa. A nova previsão é de que a obra seja entregue no segundo semestre de 2016.