Adolescente é atingido por arma de choque durante confusão em terminal rodoviário de Monte Mor

seta_voltar

Um guarda municipal de Monte Mor foi acusado de ter usado uma arma de choque contra um adolescente durante confusão em terminal rodoviário do município na quinta-feira (5). O incidente teria ocorrido após uma funcionária do terminal ter sido ofendida pelo jovem, três GM’s teriam sido agredidos pelo mesmo rapaz antes do uso da arma de choque.
Além da ofensa que a funcionária teria sofrido, ela relatou que o rapaz estava causando tumulto no local junto com outros jovens.

De acordo com a prefeitura, a arma utilizada não pertence à corporação. O caso será investigado pela Corregedoria da Guarda. O GM teria usado a arma de choque sem que houvesse agressão ou reação do jovem de 18 anos.

A prefeitura informou ainda que o guarda municipal cumprirá atividades administrativas até a conclusão das investigações. O processo tem prazo inicial de 60 dias, mas pode ser prorrogado.

Quanto a arma utilizada na ação dos GM’s a administração municipal disse que ela foi “extraviada” durante um tumulto. Segundo informações do GM, tratava-se de uma lanterna de uso pessoal, que possuía o dispositivo de choque, informou nota da assessoria de imprensa.

Após ser detido na delegacia o jovem foi liberado. A Polícia Civil confirmou que a ocorrência foi registrada como desacato e resistência.