Balão faz pouso forçado em área rural de Campinas

seta-voltar-campinas

Balão faz pouso forçado em área rural de Campinas
De acordo com passageira, um aprendiz de piloto conduzia o voo. Piloto alega que rajada de vento teria causado o acidente

Quatro pessoas ficaram feridas, após um pouso de emergência de um balão em uma área rural de Campinas no sábado (19-dez). Segundo uma pessoa que estavam a bordo do balão a versão dita que uma rajada de vento prejudicou a descida não procede, pois “quase não havia vento” no momento do acidente.

Segundo a passageira o piloto não diminui a velocidade para o pouso emergencial. Em vez de ser pausada, foi de uma vez e com isso os passageiros colidiram várias vezes contra o solo até parar em uma cerca, relatou a passageira que estava com a mãe e dois irmãos.

No caso do meu irmão foi mais sério, ele fraturou o pé esquerdo e passará por cirurgia para a colocação de uma placa. Eu, minha mãe e irmã tivemos alguns hematomas, estamos bem“, disse a passageira.

O piloto do balão com mais de 20 anos de experiência, alegou que uma rajada de vento forçou o pouso de emergência e com isso que o cesto com os passageiros se arrastasse por quase 20 metros.

De acordo com a passageira o responsável pelo balão estava com um suposto aprendiz, que conduziu o voo panorâmico na maior parte do tempo sob as orientações do piloto. No entanto, ela considera que esta situação não causou o acidente.
O caso será registrado na Delegacia de Polícia de Campinas nesta segunda feira, que deverá seguir com as investigações sobre o acidente.