Morre o ex-prefeito de Campinas

seta-voltar-campinas

Morreu na madrugada desta quinta-feira (28-jan) o ex-prefeito de Campinas e ex-deputado federal Francisco Amaral, de 92 anos, conhecido como Chico Amaral. Ele estava internado no Hospital Irmãos Penteado desde a semana passada por causa de problemas respiratórios. Chico Amaral morreu em decorrência a falência múltipla de órgãos. O prefeito Jonas Donizette (PSB) decretou luto por três dias.

Chico Amaral foi prefeito da cidade em dois mandatos, entre 1977 e 1982 e de 1997 a 2000. Ele também foi deputado federal e participou da elaboração da Constituinte de 1988. Chico Amaral foi filiado ao PMDB e ao PPB. No segundo mandato como prefeito, surgiu o Parque Oziel, uma das maiores ocupações da América Latina.

Morre o ex-prefeito de Campinas Chico Amaral
Ex-prefeito de Campinas Chico Amaral

No parlamento, Amaral foi autor da lei que permite aos brasileiros a compra do imóvel com o uso do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Amaral foi deputado federal por seis legislaturas.

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, ressaltou a importância de Amaral como legislador. “Chico Amaral deixou um legado importante não apenas como prefeito de Campinas por duas vezes, mas também como parlamentar. Quando exerci os mandatos de deputado estadual e federal, pude constatar a importância dele como legislador e a sua dimensão para além das fronteiras de Campinas”, disse o prefeito.

“É com pesar que recebo a notícia da morte do ex-prefeito de Campinas Francisco Amaral, uma pessoa muito querida pelos campineiros. Foi um parlamentar dedicado e um prefeito que deixou o seu legado. Meus sinceros sentimentos à família”, disse em nota oficial o deputado federal Carlos Sampaio e líder do PSDB na Câmara.