Editora Positivo doa livros para o Centro Infantil Boldrini Campinas

boldrini-hospital-cancer-infantil-campinas-

A Editora Positivo, uma das maiores corporações educacionais e de tecnologia do país, fez a doação de livros didáticos e de literatura para o Centro Infantil Boldrini, maior hospital da América Latina no atendimento a portadores de doenças onco-hematológicas da criança e do adolescente, localizado em Campinas (SP).

As mais de 260 obras doadas contam com conteúdos de gramática, artes, entre outros; autores clássicos da Literatura, como Mário Quintana e Lima Barreto, bem como histórias infantis e infantojuvenis. Os exemplares integrarão a Brinquedoteca e a Ludoteca da instituição. A entrega foi em 15 de fevereiro, no próprio Instituto.

De acordo com o diretor-geral da Editora Positivo, Emerson Santos, é sempre importante agir dessa forma com instituições. “É uma prática constante da Editora. Ficamos felizes em poder contribuir com o Boldrini e também com o desenvolvimento educacional dessas crianças e adolescentes atendidos”, afirma.

A disponibilização do acesso irrestrito e amplo aos livros representa enorme benefício aos nossos pacientes. A maioria deles, oriunda de famílias de baixa renda, terá um incentivo para a continuidade dos estudos. A Classe Hospitalar do Centro Boldrini se traduz como uma ponte entre a Escola e o Hospital, garantindo não somente a vida escolar, como também maior adesão ao tratamento”, afirma a doutora Silvia Brandalise, presidente do Boldrini.

positivo-editora-livros

EDITORA POSITIVO – Fundada em 1979, a Editora Positivo é especializada no segmento educacional e desenvolve livros didáticos, literatura infantil e juvenil, sistemas de ensino e dicionários, com destaque para o Aurélio, o mais importante dicionário da língua portuguesa. A Editora Positivo está presente em milhares de escolas particulares e públicas do Brasil e do Japão com os seus sistemas de ensino.

 

 

boldrini-campinasCENTRO INFANTIL BOLDRINI – Maior hospital da América Latina no atendimento a portadores de doenças onco-hematológicas da criança e do adolescente, localizado em Campinas (SP), o Centro Boldrini atualmente atende cerca de 10 mil pacientes, a maioria (80%) pelo Sistema Único de Saúde (SUS), vindos de várias cidades brasileiras e alguns de países da América Latina. Um dos hospitais mais avançados do país, o Boldrini reúne alta tecnologia em diagnóstico e tratamento clínico especializado, com índice de cura de 70% a 80% em alguns tipos de câncer − comparáveis ao Primeiro Mundo –, disponibilidade de leitos e atendimento humanitário às crianças portadoras dessas doenças.   Saiba mais, acesse o site > www.boldrini.org.br