Prefeitura de Paulínia entrega a EMEF ‘José Lozano de Araújo’ totalmente reformada

seta-voltar-paulinia

paulinia-escola-lozano-de-araujo
O prefeito José Pavan Junior devolveu à população de Paulínia, totalmente recuperada e reformada, a Escola Municipal “Prefeito José Lozano Araújo”, que esteve fechada por dois anos.

Esta foi a terceira unidade escolar do município entregue pela Prefeitura no início deste ano de 2016. Na quinta-feira, 11 de fevereiro, foi entregue a EMEI “Rosa Vassalo Secomandi”, fechada desde maio de 2014. Na sexta, dia 12, foi a vez da creche “Felipe Macedo Barros”, também fechada desde 2014. Para a secretaria da Educação, Regina Helena de Campos Marciano as entregas representam “um marco na historia da educação municipal de Paulinia”.

O prefeito lembrou que estava reformando a escola Lozano pela segunda vez, a primeira foi em 1990, e cumprimentou as crianças, pais e professores pela sua dedicação à escola, seu esforço e sua luta para que fosse reaberta e reformada. Essa unidade escolar, localizada no centro de Paulínia, atende mais de 600 alunos e é uma das mais tradicionais da cidade. No ano de 1977, a “Escola Estadual do 1º Grau do Bairro Santa Cecília”, foi denominada de “Prefeito José Lozano Araújo”, mas só em 1999, através de um decreto municipal, a escola deixou de ser estadual e se tornou municipal, atendendo a todos os níveis de educação. Em 2011, foi nomeada como EMEF.

paulinia-professores-escola-lozanoContudo, no mês de fevereiro de 2014, professores, funcionários e grande parte dos alunos, foram remanejados para uma unidade provisória no bairro São José. Nesse bairro, além dos alunos que compunham a unidade central, a escola acolheu alunos do bairro em que estava e da proximidade.

Durante esse período, a Comissão de Pais da APM e a diretora Rosemar Vissoto lutaram para que a reforma da escola Lozano se realizasse. Durante esses dois anos, as obras ficaram paradas por quase 17 meses, ou seja, mais da metade do tempo estipulado para que a reforma fosse feita, visto que o prazo era de dois anos. Na época em que a reforma estagnou, houve a iniciativa “Abraço ao Lozano” que envolveu mais de mil pessoas, entre pais, comunidade, alunos, professores e direção.

A secretária de Educação, Regina Helena de Campos Marciano, o secretário de Obras, Marcello Lima Barcellos, a diretora do Departamento Pedagógico do Ensino Fundamental, Rosa Maria Palma Nogueira, além do prefeito José Pavan Júnior, uniram-se e apoiaram a reestruturação da unidade escolar. Abraçaram a causa, também vereadores comprometidos com a educação.

Depois de dois anos, a escola “Prefeito José Lozano Araújo” foi entregue no dia 13 de fevereiro, com um Novo Abraço ao Lozano, agora reformado. Pavan Junior declarou sentir “uma sensação de dever cumprido” ao entregar as escolas e creches que foram reformadas desde que reassumiu a prefeitura, há um ano, em fevereiro de 2015.