Prefeito de Campinas anuncia início da construção do Centro de Diagnóstico de Câncer do Hospital de Barretos

hospital-cancer-barretos-campinas
Prefeito de Campinas Jonas Donizette fala sobre a importância dO Centro de Diagnóstico para a população

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, lançou no dia 29 de fevereiro a pedra fundamental do Centro de Diagnóstico do Hospital de Câncer de Barretos.

A unidade funcionará em um terreno de 11,4 mil metros quadrados, cedido pela Prefeitura de Campinas, na Avenida das Amoreiras, em frente à marginal do Piçarrão. O Hospital será construído com recursos de um processo trabalhista (Acordo Shell/Basf) e vai contar com o conhecimento e estrutura dos profissionais do Hospital do Câncer de Barretos, referência no país no tratamento da doença. O investimento no projeto é de R$ 30 milhões.

O prefeito Jonas Donizette ressaltou a importância da construção para a cidade que vem fortalecer o sistema de saúde de Campinas, terá atendimento gratuito à todos e beneficia principalmente a população carente “ é muito bom ver obstáculos vencidos e saber que muitas vidas poderão ser salvas com esse novo Centro de Diagnóstico, estou muito feliz e Campinas recebe de braços abertos o Hospital e a causa, que já tem um importante Centro de tratamento e prevenção do Câncer Infantil que nó temos muito orgulho, o Centro Boldrini”, concluiu Jonas.

 

hospital-cancer-barretos-henrique-prata
Presidente do Hospital do Câncer de Barretos-Henrique Prata fala sobre a importância do novo Centro em Campinas- Foto: Hélcio Bueno -TRT 15ª Região

O presidente Hospital do Câncer de Barretos- Henrique Prata, que afirmou estar muito feliz com mais esse benefício à população, e disse que “o melhor que o Hospital do Câncer de barretos tem é a oferta de qualidade na prevenção da doença, conquistada por 50 anos de experiência, muito trabalho e dedicação“.

 

A unidade contará com laboratório, área de procedimentos e administração. Depois do diagnóstico, os pacientes serão encaminhados para a rede pública da cidade (hospitais Celso Pierro, de Clínicas da Unicamp, Celso Pierro (PUC), Mário Gatti e Ouro Verde, além da Policlínica e do Centro Boldrini).

 

 

hospital-cancer-campinas
Projeto da unidade do Hospital de Câncer de Barretos em Campinas (Foto: Hospital de Câncer de Barretos)

O Centro de Diagnóstico de Câncer terá cinco carretas que farão busca ativa da doença e educação da população. Serão realizados exames para diagnósticos de quatro tipos de câncer: pulmão, cólon, mama e pele. O Hospital deve ficar pronto em um ano, o início do funcionamento das carretas também. O Instituto de Prevenção terá capacidade para atender cerca de 300 mulheres ao dia.

campinas-hospital-do-cancer
Lançamento da pedra fundamental da unidade do Hospital do Câncer de Barretos em Campinas

O diagnóstico precoce de câncer garante uma qualidade de vida melhor ao paciente e aumenta as chances de cura, hoje estimadas em 90% para câncer de mama, 95% para colo do útero e 100% de cura em casos de câncer de pele.”Um Centro de Diagnóstico como esse representa uma marco para a cidade e grande avanço na luta contra a doença”, disse o Secretário de Saúde de Campinas Carmino Antonio de Souza.

 

Ex-prefeito de Campinas Magalhães Teixeira

O vice-prefeito de Campinas Henrique Magalhães Teixeira, filho de Magalhães, fez um discurso emocionado em homenagem ao pai. ‘Quem ama não morre’. Com estas palavras meu pai começou a se despedir da população de Campinas, em 1996. Passados 20 anos, posso dizer que a recíproca é verdadeira. ‘Quem é amado também não morre’, disse Henrique na data marcante- 20 anos de falecimento de seu pai, o ex-prefeito de Campinas José Roberto Magalhães Teixeira, que morreu de câncer aos 58 anos durante seu segundo mandato na Prefeitura (mandatos de 1983 a 1988 e de 1993 a 1996) , em 29 de fevereiro de 1996.
O presidente do TRT Lourival Ferreira dos Santos, que afirmou que “além de ações, o TRT e o Ministério Público também fazem destinações para hospitais e instituições que tragam contribuição para o ser humano”. Compareceram também o Secretário de Comunicação de Campinas Luiz Guilherme Fabrini , o  procurador Ronaldo Lira do Ministério Público do Trabalho de Campinas, vereadores como Campos Filho, Gilberto Vermelho, o presidente da Câmara Municipal Rafa Zimbaldi,  e autoridades locais.

 

hospital-do-cancer-de-barretos-unidade-campinas
Terreno onde será construído o Centro de Diagnóstico do Câncer de Campinas

Verba de recursos de um processo trabalhista
A decisão da Justiça de destinar o dinheiro para o Hospital de Câncer de Barretos executar os planos em Campinas e na cidade-sede é resultado de um processo contra a antiga fábrica da Shell que produzia pesticidas em Paulínia. A ação coletiva, de autoria do MPT, começou em 2007 e pediu indenizações a trabalhadores contaminados pela fábrica entre 1974 e 2002. Acordo foi firmado em 2013.

 

Câncer em Campinas
Em 2014, 1.418 pessoas morreram de câncer em Campinas. Do total, 763 homens e 655 mulheres. Nas pessoas do sexo masculino, o câncer de pulmão (seguido pelo de próstata) é o tipo que mais leva à morte.Nas mulheres, o câncer de mama (seguido pelo de colo do útero) é a principal causa de morte.

A estimativa da Secretaria de Saúde, com base nos dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), é que Campinas tenha pelo menos 5 mil novos casos de câncer por ano.