Prefeitura de Paulínia promove palestra pelo Dia Mundial da Água

seta-voltar-paulinia

 

dia-da-agua-2016-brasil-pauliniaA Prefeitura de Paulínia, por meio das Secretarias de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente (Seddema) e Educação de Paulínia, promove  dia 22 de março ( Dia Mundial da Água) a partir das 14h30 (terça-feira), palestra, dinâmica e ações.

A palestra, ministrada pelo Engenheiro Ambiental e Fiscal Ambiental da Seddema, Benedito Camargo, o Benê, ocorrerá  no auditório da ETEP – Escola Técnica de Paulínia, à Rua Constant Pavan, 1.001, em Betel com a participação de alunos do ensino médio, professores e pais que debaterão sobre o recurso hídrico.

A programação incluiu palestra com alunos da Rede Municipal de Educação, dinâmica voltada para a preservação da água e apresentação cultural da ONG “Rainha do Engenho”, expondo trabalhos patrocinados pela Petrobras.

O secretário de Meio Ambiente do Município, Zaqueu de Souza, ressaltou o dever da sociedade e do poder público em discutir temas essenciais como este, visando o fortalecimento das políticas públicas.

“Procuramos alertar o cidadão sobre seu dever perante o gerenciamento do nosso recurso hídrico. Também buscamos trazer uma sensibilização da população em prol da utilização mais racional da água. É um trabalho de formiguinha, com uma abordagem continuada e um diálogo aberto com a população paulinense”, afirmou o secretário.

O Engenheiro Ambiental e Fiscal Ambiental da Seddema, Benedito Camargo, o Benê, vai abordar a influência e o impacto de resíduos na questão da água, mananciais, áreas de proteção, despejos nos rios, entre outros temas.

dia-mundial-da-agua-portal-da-rmcHistória do Dia da Água

Dia 22 de março é o Dia Mundial da Água. A data foi criada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1992, com o objetivo de para promover discussões acerca da consciência do homem em relação a tal bem natural. A preocupação surgiu por conta dos grandes índices de poluição ambiental do planeta, envolvendo a qualidade da água que consumimos.

Para se ter uma idéia da escassez do mineral no planeta, basta explicar que a água ocupa 70% da superfície da Terra. A maior parte, 97%, é salgada. Apenas 3% do total é água doce e, desses, 0,01% vai para os rios, ficando disponível para uso. O restante está em geleiras, icebergs e em subsolos muito profundos. O Brasil tem 12% das reservas mundiais de água potável. Aqui também se encontram o maior rio do mundo – o Amazonas – e o maior reservatório de água subterrânea do planeta – o Sistema Aquífero Guarani.

Cada vez mais é preciso economizar água. As mudanças no clima, longos períodos de seca, alertam para um futuro onde a água pode ser cada vez mais escassa.