Guardas Municipais de Paulínia recebem treinamento com policiais das Forças Especiais da Argentina

paulinia-treinamento-policia-guarda-municipal

Os policiais Juan Carlos Manqueo e Daniel Alberto Abaca, membros das Forças Especiais da Argentina ministraram durante cinco dias (31 de março a 4 de abril),treinamento/intercâmbio para a Corporação da Guarda Municipal de Paulínia e outras polícias da Região e São Paulo. O exercício foi realizado no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Guarda Municipal.

Juan Carlos Manqueo é 1º Tenente da Polícia Federal de Bueno Aires, além de chefe da área de segurança do Aeroporto Internacional de Ezeiza e Daniel Alberto Abaca, é Comissário Capitão da Polícia de Bueno Aires e coordenador das atividades da Polícia Municipal de La Matanza. Os dois são integrantes das Forças Especiais da Argentina – Divisão Falcão.

Além dos GMs de Paulínia, participaram do treinamento, membros da Polícia Militar, da Polícia Civil, da GARRA Campinas, da Polícia Federal, da GM de Campinas e policiais da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes.

Os participantes passaram por aula teórica, principalmente no gerenciamento de uso de armas de fogo e, na sequência, simularam no estande de tiro, situações de stress para sobrevivência policial, patrulhamento, abordagem e proteção de autoridades e tiro real com pistolas e revólveres para aprimorar técnicas de tiro e trabalho em equipe.

treinamento-policia-paulinia_02De acordo com o Secretário de Segurança Pública de Paulínia, Fábio Feldman, os treinamentos ajudam a manter atualizadas técnicas e procedimentos de trabalho, além da troca de experiências. Ele lembrou que nas ruas, em situações reais, praticamente não há margem para erro. “Estamos trazendo dois profissionais com 30 anos de experiência. Hoje podemos frisar que temos um conhecimento internacional, a realidade deles é próxima a dá nossa. O intercâmbio evita que os nossos GMs caiam na rotina, tanto para a segurança dos próprios guardas e da comunidade como um todo”.

Para Daniel Alberto Abaca, a Guarda Municipal é uma instituição de segurança com vocação comunitária, que atua próximo aos cidadãos e usuários dos serviços públicos municipais.
“Precisamos que a população se envolva mais com a área de segurança e com o policiamento. Os pais também podem colaborar tanto dentro como fora das escolas”, e completou: “presenciamos aqui as mesmas dificuldades das cidades da América Latina. A realidade é a mesma, seja no México, na Bolívia, no Brasil e na própria Argentina, criminosos não têm fronteira”, finalizou.

paulinia-secretaria-de-seguranca-policiaCentro de Informações
Os policiais enalteceram o comprometimento do guarda municipal paulinense e destacaram a participação da Corporação como um todo, durante os treinamentos ou em serviço. Eles elogiaram a parceria entre a Secretaria de Segurança, a Polícia Militar e a Polícia Civil, como exemplo de cooperação.

Também sugeriram a criação de um Centro de Informação (Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, SAMU e Defesa Civil) para uma maior integração e facilitar a comunicação entre as forças policiais e a população. Os policiais argentinos também foram a campo, eles acompanharam o patrulhamento pela cidade da equipe da Ronda Ostensiva Municipal, a ROMU.

O Secretário de Segurança Pública de Paulínia, Fábio Feldman destacou que a visita foi institucional, pois contou com o aval do governo argentino, e o intercâmbio é uma honra para Paulínia.