Estudantes de Paulínia começam a assinar contrato para concessão da Bolsa Educação

seta-voltar-paulinia

paulinia-bolsa-educacao-estudantes

Os estudantes beneficiados com a Bolsa Educação 2016 começaram a assinar no dia 06 de junho os termos de compromisso com a Prefeitura de Paulínia para a concessão do auxílio. No documento, estão previstas as exigências para a continuidade do pagamento da bolsa pelo município ao longo dos anos, como manter os dados atualizados e o bom desempenho universitário. O processo de assinaturas seguiu até 09 de junho no Salão Nobre do Paço Municipal.

O programa Bolsa Educação foi criado em 2010 pelo prefeito José Pavan Junior (PSDB) e beneficiou neste ano 525 alunos dos ensinos técnico e superior – um aumento de 26,5% em relação ao ano anterior. Esse número, inclusive, pode aumentar em razão de participantes que estavam com documentos pendentes de serem entregues e também de análise de recursos apresentados pelos beneficiários.

A Prefeitura de Paulínia investiu neste ano R$ 7,7 milhões para concessão da Bolsa Educação. Somado o montante dos anos anteriores, o valor sobe para R$ 17,7 milhões – recurso garantido no orçamento municipal. Desde 2010, já foram beneficiados mais de 2.600 estudantes paulinenses. Para receber o auxílio, é preciso comprovar moradia há mais de dez anos no município e se enquadrar na renda familiar.

O programa Bolsa Educação garante bolsas de ensino integrais (100%) e parciais (de 65% e 35%) ao longo de todo o curso. Para manter o benefício, o estudante precisa renovar anualmente o termo de compromisso.

paulinia-jose-pavan-junior-alunos-bolsa-educacaoApoio e mensagem de otimismo

O prefeito de Paulínia, José Pavan Junior (PSDB), parabenizou mais uma vez na terça-
feira (7 de junho) os estudantes beneficiados com a Bolsa Educação 2016.Pavan surpreendeu os alunos que estavam no Paço Municipal para assinar o termo de adesão e aproveitou para passar uma mensagem de otimismo.

O prefeito falou sobre a importância dos estudos e citou exemplos de sucesso de pessoas que
conseguiram fazer uma faculdade com a Bolsa Educação e lembrou que o atual secretário municipal de Finanças, Luciano Aparecido de Lima, estudou com ajuda da bolsa de ensino oferecida pela prefeitura.

seta-voltar-paulinia