Meio Ambiente:Em Paulínia, prefeito e alunos participam de plantio de mudas de árvores no Parque do Cerrado

seta-voltar-paulinia

O prefeito de Paulínia José Pavan Junior  participou na manhã de 14 de junho do plantio de mudas de árvores de espécies nativas no Parque do Cerrado, no bairro Cascata, localizado na região nordeste do município.

paulinia-meio-ambiente-2016Ele acompanhou os alunos dos 4º anos das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) “Yolanda Tiziani Pazetti”, do bairro Jardim Flamboyant, e “Professora Odete Emídio de Souza”, do bairro São José, no plantio de 120 mudas de espécies nativas em uma área do parque.

Os alunos Yasmin Donda de Souza, de 9 anos, e João Paulo Soares de Oliveira, de 10 anos, da EMEF “Yolanda Tiziani Pazetti”, e Amanda Benelli Correia, de 11 anos, da EMEF “Professora Odete Emídio de Souza”, vencedores em 1º lugar, 2º e 3º lugar, respectivamente, do concurso que escolheu a logomarca do Parque do Cerrado, receberam medalhas, e as escolas livros relacionados ao meio ambiente.

Os alunos demonstraram conhecimento com o plantio e a preservação da natureza. “Gostei muito de participar [do plantio]. A gente tem que cuidar do meio ambiente, não desmatar e sempre jogar água nas árvores e plantas”, disse João Paulo.

Pavan, que é engenheiro agrônomo de formação, destacou que o local recebeu 40 espécies como ucuúba do cerrado, uvaia do cerrado, pitanga do cerrado, bacupari do cerrado, ipê amarelo do cerrado, barbatimão, angelim do cerrado, vinhático-do-campo, tamanqueira, tarumã do cerrado, paineirinha do cerrado, entre outras.

paulinia-meio-ambiente-pantio-arvores-criancasO evento é uma iniciativa da Prefeitura de Paulínia, por meio da Secretaria de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente (Seddema), Jardim Botânico “Adelelmo Piva Junior” e Secretaria da Educação.

JARDIM BOTÂNICO
O Jardim Botânico Municipal produziu, até maio, 3.416 novas mudas, sendo que 3.177 foram
doadas para arborização urbana, mata ciliar e áreas em recuperação.

As mudas fornecidas pelo Jardim Botânico são produzidas em parceria com o Instituto Fábrica de Florestas, onde são cultivadas mais de 280 espécies nativas de árvores da região e do Brasil.

seta-voltar-paulinia