Prefeito licenciado de Indaiatuba Reinaldo Nogueira é preso e transferido para penitenciária

seta-voltar-indaiatuba

prisao-prefeito-indaiatuba-Reinaldo-Nogueira
Reinaldo Nogueira chega escoltado por policiais a sede da 1ª Seccional de Campinas na tarde de quinta-feira (23)

Oito meses após a polícia ter feito a apreensão de mais de R$ 2,3 milhões em dinheiro em sua residência, o prefeito licenciado de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira (PMDB), foi preso pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na tarde de quinta-feira (23-jun) por determinação do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), sob a acusação de envolvimento em fraudes no sistema de desapropriação de terrenos no município.

O Gaeco realizou uma investigação a partir de uma denúncia anônima de superfaturamento de um terreno cujo valor real era de R$ 450 mil, e foi desapropriado pela prefeitura por R$ 10 milhões.

Segundo Jandir Moura Torres Neto, promotor do Gaeco (braço do Ministério Público que investiga o crime organizado) Nogueira não apresentou resistência e reagiu com tranquilidade. “Ele pediu apenas para que fosse rápida a prisão“, disse o promotor. O mandado de prisão foi emitido pelo TJ porque, na condição de prefeito, Reinaldo tem foro privilegiado.

Reinaldo Nogueira foi levado até a 1ª Seccional de Campinas. A prisão do prefeito licenciado aconteceu um dia após seu pai Leonício Lopes da Cruz e mais quatro pessoas terem sido presas, também por suspeita de envolvimento no mesmo esquema.

Em sua chegada a Campinas o prefeito licenciado disse “Nem sei por que estou aqui. Não tenho nenhuma condenação”. O advogado de defesa de Nogueira, José Carlos Oliveira Lima, disse que “não há nada que incrimine o prefeito”, ainda segundo ele, laudos comprovam que não há superfaturamento na desapropriação. “Não vejo qualquer sentido nessa medida”, concluiu o advogado.

Reinaldo Nogueira passou a primeira noite preso no complexo da 1ª Delegacia Seccional de Campinas. Na tarde desta sexta-feira (24 de junho) o prefeito, foi transferido para a Penitenciária de Tremembé no interior do estado.

Durante sua saída da delegacia, Nogueira se declarou inocente mais uma vez. O vice-prefeito Antônio Carlos Pinheiro (PTB) que assumiu a prefeitura no dia 03 de maio segue à frente da administração municipal.

 

Leia também:
Pai de prefeito de Indaiatuba e mais quatro pessoas são presas em ação do MP