Detran de São Paulo encerra greve e serviços são normalizados em todas as cidades do estado

detran-sao-paulo
Detrans das cidades da região de Campinas voltam a ter todos o seus serviços oferecidos normalmente

Após 15 dias de paralisação, funcionários do Detran do estado de São Paulo decidiram encerrar a greve. As cidades da região de Campinas que sentiram os efeitos da paralisação começam a ter seus serviços normalizados.

Os funcionários públicos que estavam em greve decidiram voltar ao trabalho nesta semana e realizar um grupo de estudos com o órgão na próxima sexta-feira (8 de julho) em continuidade às negociações para o reajuste salarial de 26,3% e um plano de carreira contingencial. De acordo com o Sincaesp, que representa a categoria o resultado dos estudos será apresentado em nova assembleia que decidirá pela aceitação da proposta ou pela retomada da greve.




Apesar da greve, o Detran-SP havia informado que as unidades operavam normalmente, já que o atendimento ao público é feito por funcionários terceirizados. Ainda assim, a autarquia informou que os prazos para a conclusão dos serviços poderiam ser ampliados por causa da paralisação.

Os servidores que entraram em greve são responsáveis pela emissão da CNH nacional e estrangeira, julgamento de processos de suspensão e cassação da carteira, indicação de condutores que levaram multas, desbloqueio de Centro de Formação de Condutores, além da liberação de veículos, do exame teórico e prático.

O Detran informou que o desconto feito na folha de pagamento pelos dias parados será ressarcido mediante compensação dos dias. Segundo o sindicato, o abono dos dias parados ainda será negociado.

>> Clique para ver mais notícias, atualidades Brasil e Mundo