Segunda fase de revitalização da Av. Francisco Glicério em Campinas é entregue oficialmente

seta-voltar-campinas

revitalizacao-av-francisco-glicerio-Campinas
Obras tiveram início em janeiro de 2015

O prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB) entregou na noite de quinta-feira (30-jun) a segunda fase do programa de revitalização da Avenida Francisco Glicério (trecho de 400 metros de extensão entre a Moraes Sales e a Aquidabã).

Os primeiros trabalhos de recuperação da Glicério começaram no dia 11 de janeiro de 2015 ao custo de R$ 33 milhões. Destes R$ 12,3 milhões vieram da CPFL, R$ 10 milhões de empresas de telefonia, R$ 4,6 milhões da Sanasa e R$ 6 milhões da prefeitura.

Batizada de Francisco Glicério em 1889 (antes se chamava Rua do Rosário) a avenida foi submetida a uma grande intervenção. A fiação elétrica foi soterrada, as calçadas foram alargadas, ganharam piso tátil e foram criadas novas faixas de pedestres.

O lado direito passou a ser um corredor de ônibus. Quiosques foram padronizados e os pontos de ônibus ganharam um novo desenho e coberto, com pontos de acesso gratuito a internet. “Muitas administrações tentaram, mas nós conseguimos fazer essa obra”, disse  Jonas. Segundo o prefeito, muitas pessoas pedem para que faça algo semelhante em outras avenidas da região central. “É claro que a nossa ideia é replicar isso em todo o Centro, mas no momento não temos condições de fazer”, afirmou o prefeito.

A última grande intervenção urbanística feita na Glicério foi em 1960, quando foi alargada no trecho entre a Moraes Sales até a conexão com a Avenida da Saudade. O Largo do Pará também passou por reforma naquela época.

Além da entrega da segunda etapa, o prefeito Jonas também entregou a nova iluminação do Centro expandido, com lâmpadas de LED. Ele disse que a intenção é levar para toda a cidade a iluminação de LED.

>> Clique para ver mais notícias de Campinas e região