PSDB realiza convenção e lança candidatura de José Pavan Júnior à reeleição em Paulínia

seta-voltar-paulinia

paulinia-convencao-psdb-pavan-prefeito

 

Em convenção realizada no sábado (30 de julho) o PSDB de Paulínia lançou a candidatura à reeleição do prefeito José Pavan Júnior na Coligação União por Paulínia, para o pleito de outubro. O nome do candidato (a) à vice de Pavan Jr. será anunciado até sexta-feira (05 de
agosto). As eleições 2016 acontecem no dia 02 de outubro (primeiro domingo do mês).

A convenção aconteceu no Ginásio Ítalo Botassi Calegari com cerca de 500 pessoas. José Pavan Júnior foi saudado pelo governador Geraldo Alckmin, em mensagem lida pelo deputado federal Silvio Torres, secretário geral do PSDB; por José Aníbal, senador do
partido por São Paulo e também pela deputada estadual Célia Leão (PSDB-SP) que declarou, em vídeo, seu apoio à candidatura de Pavan.

Estiveram presentes o deputado estadual tucano Cauê Macris e Wanderley Macris, deputado federal também pelo PSDB, além de presidentes dos partidos integrantes da Coligação e vereadores, e correligionários. A coligação União por Paulínia é formada ainda
por PR, PRTB, PV, PDT e PTdoB.

PavanConvençãoLadeado no palco pela primeira dama, Lucila Pavan, pela vice-prefeita Vanda Camargo e por demais correligionários, Pavan disse que sua força e sua confiança estão na família e no grupo político que o apoiadeputada estadual Célia Leão (PSDB-SP) de Valinhos região de Campinas e lhe dá força para a “caminhada rumo ao futuro”. “Esse é um
momento de confiança e alegria, de continuar o trabalho, porque é o melhor que se pode fazer pela cidade”, disse Lucila.

O candidato recordou que, quando assumiu a Prefeitura em 6 de fevereiro de 2015, a situação era desoladora: “uma dívida de R$ 220 milhões, falta de medicamento nos hospitais, cirurgias postergadas, escolas fechadas, muitos problemas e insatisfação da população”. E reforçou: “Pedi a Deus que me desse força. E conseguimos. Agora, Paulínia vai avançar, crescer, porque temos experiência e adquirimos condição para continuar as obras e ações que irão dar a nossa cidade um futuro mais promissor”.

O ato é o antídoto aos boatos que circularam sobre possível restrição jurídica à candidatura Pavan: “Não estaria aqui se não pudesse. Não enganaria a mim mesmo e nem a vocês.”

seta-voltar-paulinia