Campinas recebe Festival de Teatro Infantil durante férias de janeiro; veja programação

img-voltar




O Teatro Iguatemi de Campinas recebe a partir de janeiro a 1ª edição do “Festival Infantil” com 9 espetáculos em sua programação que segue até o final do mês, com adaptações de clássicos da literatura infantil como “Rapunzel” e “Chapeuzinho Vermelho”.

> O festival ainda terá um musical inspirado na série “Sítio do Pica Pau Amarelo”, apresentações musicais que contam a vida de Shakespeare e também, um teatro de bonecos que recria o mundo circense.

 

Serviço:




Festival Infantil 2017
Local: Teatro Iguatemi Campinas
Data: De 7 à 29 de Janeiro

3º piso do Shopping Iguatemi Campinas
End: Av Iguatemi, 777 – Vila Brandina – Telefone: (19) 3294-3166

Ingressos: R$ 60,00 disponível também em “meia entrada”
Comprar ingresso pela internet

.

Programação:

7 e 8 de janeiro – 15:00
espetaculo-guarda-zoolGuarda Zool
O espetáculo conta a história de dois amigos atrapalhados que passam um dia na praia. Ao pisarem na areia, a confusão começa e só termina no fim do espetáculo. O jogo, que acontece todo o tempo entre os dois atores, encontra-se entre o humor sutil dos clowns e o pastelão dos palhaços. Os movimentos delicados dos atores, esbanjam alegria e empolgação. O resultado é uma brincadeira entre duas crianças, onde tudo é permitido para alcançar um único objetivo: divertir o espectador.

Os limites do “isso pode” e “isso não pode”, tão caros entre pais e filhos temperam com comicidade os diversos conflitos do espetáculo que são representados metaforicamente através da animação de objetos como pazinhas e baldes de plástico. Em um dos momentos mais poéticos, a dupla transforma um balde e uma toalha em Gene Kelly que dança ao som de “Singin’ In The Rain”.


12 e 13 de janeiro – 15:00
espetaculo-rapunzelRapunzel
Uma dupla de músicos-atores conta, com muita irreverência e bom humor, a clássica história da donzela de longos cabelos que vive aprisionada em sua torre. O espetáculo utiliza atores, bonecos e música ao vivo, privilegiando a improvisação e a participação ativa da platéia. O texto segue, em linhas gerais, a conhecida versão dos Irmãos Grimm, do século XIX, mas aprofunda as características psicológicas dos personagens — estes são complexos e, muitas vezes, contraditórios.



14 e 15 de janeiro
espetaculo-sitio-pica-pa-amreloMusical do Sítio do Picapau Amarelo – 15:00
Pedrinho escondeu o tesouro do sítio em um lugar que só ele conhecia. Quando ele conta seu segredo para a turma (Emília, Narizinho e Visconde), a malvada Cuca ouve tudo, resolve raptar Pedrinho e pedir o misterioso tesouro como resgate. Ao fazerem a troca, Cuca descobre que o tesouro estava longe de ser algo valioso como moedas de ouro, diamantes, etc. Na realidade, o tesouro do Sítio eram as obras literárias de Monteiro Lobato, umas das maiores riquezas culturais do Brasil.


19 de janeiro – 15:00
espetaculo-princesa-da-indiaFábulas de uma Princesa Indiana
Noor Inayat Khan, foi uma princesa indiana, filha de um mestre sufi. Ela escrevia e contava histórias para crianças nos anos 40. As Fábulas trazem de forma divertida e comovente valores como o respeito, a harmonia e a beleza no caminho da busca da verdade. A Música é executada ao vivo com instrumentos orientais como tambura, harmonium e bendir. As histórias são ilustradas com teatro de papel e bonecos que de forma singela buscam a comunhão com o público de todas as idades, no resgate da função ancestral de se contar uma história.



20 de janeiro – 15:00
espetaculo-shak-shake-babyShake, Shake, Baby
Com violões, acordeons, instrumentos de sopro e percussão, a banda de atores-músicos apresenta um pouco da vida de Shakespeare e da Inglaterra de sua época, em um espetáculo musical e muito divertido. As cenas são embaladas por canções tiradas de comédias e tragédias como Noite de Reis, Hamlet, Muito Barulho por Nada, Othello, Medida por Medida, entre outras.


21 e 22 de janeiro – 15:00
espetaculo-circusCircus A Nova Turnée
Espetáculo de teatro de bonecos envolvente e engraçado que recria o maravilhoso mundo circense em quadros cômicos e singelos. O objetivo é simples: divertir com talento e promover a arte do Teatro de Animação. Explorando o estilo clownesco e as diversas técnicas do teatro de bonecos, os três saltimbancos apresentam números circenses inusitados: ovos equilibristas, das minhocas trapezistas, do árabe e seu dromedário abusado, da ousada mosca dançarina, das trapalhadas do Homem Bala e o famélico faquir.

O humor sutil e elaborado acontece por meio de uma sequência de quadros curtos e deliciosos onde nada dá certo: o homem bala fica entalado no canhão, o dromedário foge do controle de domador, a mosca tenta improvisar, o faquir é um fiasco. Embora seja destinado ao público infantil, o espetáculo encanta e desperta a ludicidade de todas as faixas etárias, criando uma atmosfera de cumplicidade com a plateia. Circus A Nova Tournée é tão mágico quanto uma tarde no circo.



26 de janeiro – 15:00
espetaculo-carmencitaCarmencita
Um espetáculo intimista musical e interativo, juntando a linguagem clown, teatro de bonecos, dança flamenca e música ao vivo, com acordeom, voz, castanholas e pequenas percussões para brincar. E a história começa com a renomada mezzo soprano “Cristianita” que vai apresentar sua ópera e de sua mala saem os personagens Carmencita, Don Josecito, Escamilito, Micaelita e até um touro chamado Pablito. Eles cantam, se divertem, brigam também e se apaixonam.


27 de janeiro – 15:00
espetaculo-pierro-confete-serpentinaPierrô, Confete e Serpentina
Três divertidos personagens, Pierre Pierrô, Carlos Confete e Chica Serpentina, fazem A Jardineira deixar de ser tão triste e ganhar um sotaque português, deslizam pelas marchinhas de Braguinha, e apresentam Tia Ciata, com suas festas que quase acabaram na delegacia e com todo mundo sambando, até o delegado.



28 e 29 de janeiro – 15:00
espetaculo-chapeuzinho-vermelhoChapeuzinho Vermelho
Tudo começa como uma grande brincadeira, onde duas palhaças descobrem um armário cheio de chapéus. Estes chapéus as conduzem por uma “viagem de brincadeiras”, onde o fio condutor é dado pela história de Chapeuzinho Vermelho. Ora contam a história, ora brincam com os elementos da mesma, ou seja, há uma tônica constante no fato de serem duas palhaças tentando fazer o melhor para conseguirem contar a história.

>> Clique para ver + notícias da região de Campinas, atualidades Brasil e mundo

“+ Eventos na Região”