Aeroporto dos Amarais em Campinas é privatizado; veja mais informações e data das obras

aeroporto-dos-amarais_campinas
Concessão prevê ainda a construção de novos hangares e a reforma do terminal de passageiros



O Aeroporto Campo dos Amarais em Campinas será privatizado e terá melhorias. O Consórcio Voa São Paulo venceu a licitação da Artesp (Agência de Transporte de SP) para concessão de cinco aeroportos estaduais, entre eles o Campo dos Amarais que recebe diariamente aviação executiva e táxi-aéreo entre aviões monomotor e jatos privados.

Entre os outros aeroportos que também serão administrados pelo consórcio pelos próximos 30 anos estão: Antônio Ribeiro Nogueira Jr. (Itanhaém), Gastão Madeira (Ubatuba), Arthur Siqueira (Bragança Paulista) e Comandante Rolim Adolfo Amaro (Jundiaí). O projeto estabelece que neste período sejam investidos R$ 93,7 milhões em melhorias.

Obras
A partir de junho o Aeroporto dos Amarais deverá receber as obras de infraestrutura e ampliação pelo consórcio que é formado pelas empresas Terracom Construções, MPE Engenharia e Serviços, ALC Participações e Administração, Nova Ubatuba Empreendimentos e Participações e Estrutural Concessões de Rodovias.

Entre as obras que devem ser realizadas no aeroporto de Campinas estão a ampliação do terminal, a construção de novos hangares e a reforma do terminal de passageiros, além da reforma das pistas de pouso. O consórcio poderá explorar outros potenciais: capacidade imobiliária, oferta de serviços, e pode implantar centros de convenções, hotéis, café, restaurantes e lojas, por exemplo.




Sobre o Aeroporto Campo dos Amarais Campinas
O Campo dos Amarais possui pista de 1.650 metros, terminal de passageiros de 230 m2 e estacionamento com capacidade para 50 veículos. Fica a 8 km do Centro da cidade. Em 2016, foram registrados 9.753 passageiros e 49.385 aeronaves passando pelo local.

Do total de R$ 93,7 milhões de investimentos exigidos, cerca de R$ 33,6 milhões serão concentrados nos quatro primeiros anos. Da verba total, além dos R$ 28,6 milhões para o Campo dos Amarais, está previsto o investimento de R$ 15,78 milhões no Aeroporto de Itanhaém; R$ 20,46 milhões no de Jundiaí; R$ 10,54 milhões no de Bragança Paulista e R$ 18,27 milhões no de Ubatuba.

Os cinco aeroportos que fazem parte da outorga são administrados atualmente pelo Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo).

>> Clique para ver + notícias e eventos da região de Campinas; atualidades Brasil e mundo